TRICOLOR É SUPERADO NOS PÊNALTIS PELO NOVO HAMBURGO

Fotos: Lucas Uebel

Em jogo complicado, Grêmio perde a vaga na final do Gauchão ShareShareShare

No início da noite deste domingo, o Grêmio entrou em campo no Estádio do Vale, para decidir a vaga para a final do Campeonato Gaúcho, contra o Novo Hamburgo. Tendo empatado o primeiro jogo em 1 a 1, na Arena, no último dia 16, o Tricolor teve um só objetivo: trazer a vitória para Porto Alegre. Infelizmente não foi o que aconteceu. O jogo foi complicado e o Tricolor acabou eliminado pelo Noia nos pênaltis, por 7 a 6, após o empate em 1 a 1 no tempo regulamentar.
Como era previsto, o jogo seria difícil. E assim foi. Na primeira etapa, o Grêmio mostrou intensidade e dinâmica. Criou, mas teve dificuldades diante da boa partida que fez o Novo Hamburgo defensivamente, que marcou muito bem, não deixando espaços para os gremistas trabalharem.
Mesmo tendo voltado para o segundo tempo com a mesma formação, Renato teve que providenciar logo no início sua primeira alteração. Edilson sentiu um desconforto muscular após dividida com marcador e foi substituído por Lucas Barrios, deslocando assim, Léo Moura para a lateral direita. E deu certo! Depois de muito insistir e tentar furar a defensiva adversária, os gremistas conseguiram abrir o marcador, aos 19 minutos. Com uma boa jogada individual, Pedro Rocha driblou a marcação e deu um ótimo passe para Lucas Barrios. O paraguaio fez o domínio, puxou pra perna direita e chutou rasteiro. Matheus se esticou, mas não conseguiu alcançar a bola que morreu no fundo das redes.
A segunda substituição foi providenciada: Miller Bolaños deu lugar a Arthur. O jogo seguiu equilibrado, mas o Noia não desistiu e conseguiu chegar ao empate aos 28 minutos, com Júlio Santos, que depois de uma cobrança de escanteio, subiu e desviou de cabeça, marcando para os donos da casa. Lincoln foi a terceira alteração, ocupando o lugar de Léo Moura. Depois dos 54 minutos de bola rolando nesta etapa, a partida foi decidida nas penalidades.


Nas cobranças, o Novo Hamburgo – time de melhor campanha da competição – venceu e conquistou a vaga, pela primeira vez, para a final do Campeonato Gaúcho.
Escalação: Marcelo Grohe, Edilson, Geromel, Kannemann, Marcelo Oliveira, Maicon, Ramiro, Léo Moura, Miller Bolaños, Pedro Rocha, e Luan
Banco: Leo, Rafael Thyere, Bruno Rodrigo, Bruno Cortez, Michel, Jailson, Kaio, Arthur, Lincoln, Everton e Lucas Barrios.
A arbitragem foi comandada por Jean Pierre Lima, auxiliado por José Eduardo Calza e Alexandre Kleiniche.