Verdades e Mentiras sobre micropigmentação

Você pode não ter feito sua lista mas certamente já foi impactado no seu facebook pelo novo desafio – para quem não sabe do que se trata a brincadeira consiste em enumerar nove fatos verdadeiros aparentemente improváveis sobre si mesmo e, no mesmo tom, uma mentirinha. Atualizamos uma lista com uma versão no mínimo curiosa das verdades e mentiras sobre micropigmentação. Confira:
Pessoas com pelos muito claros, ruivos ou loiros não devem fazer micropigmentacão nas sobrancelhas
Mentira – o procedimento de micropigmentação é indicado para qualquer tipo de pessoa, sendo ela branca, negra ou parda.

Homens devem ficar de fora dessa moda
Mentira – os benefícios são para homens e mulheres, o perfeito traço é que vai definir a expressão do olhar.

Não tente fazer isso em casa
Verdade – somente profissionais treinadas e com equipamentos adequados devem fazer o procedimento.

Uma vez feita você não consegue desfazer o procedimento
Mentira – como a micropigmentação é feita na primeira camada da pele, ela tende a clarear. Então com o auxílio da despigmentação conseguimos retirar. Serão necessárias algumas sessões.

Algumas pessoas podem ser alérgicas ao procedimento
Verdade – por isso é importante que a profissional faça o teste de sensibilidade em uma área atrás da orelha 48 horas antes do procedimento.

Seus pelos nessa área vão cair
Mentira – a micropigmentação não danifica os pelos, a menos que os pelos já estejam enfraquecidos.

Deve evitar exposição ao sol
Verdade – você terá que tomar alguns cuidados pós micro, como exposição ao sol, pois o excesso do sol provoca o ressecamento da pele, diminuindo a durabilidade da micropigmentação. Usar um creme nutritivo durante pelo menos os próximos 30 dias para umedecer a pele.

Vai ficar natural
Verdade – o designer das sobrancelhas destaca o olhar. Se feito por um profissional capacitado a naturalidade do seu olhar só vai deixa-la (o) ainda mais bonita (o).

A dor é insuportável
Mentira – as pessoas tem níveis de dor diferente.