Mais de 15 mil pessoas participaram da 12ª Aldeia Sesc Capilé

Com duração de cinco dias, o evento contou com diversas atrações culturais e movimentou a região

Entre os dias 3 e 7 de maio, a 12ª edição da Aldeia Sesc Capilé mobilizou mais de 15 mil espectadores, em São Leopoldo. Diversos locais da cidade receberam atrações e a movimentação cultural foi intensa, com a apresentação de uma variedade de expressões artísticas, tudo com entrada franca. Entre os destaques da programação estiveram o cortejo “Fanfarra”, da Cia. Atmosfera, a apresentação do espetáculo “Vaiqueuvôo”, dos Irmãos Sabatinos (SP), a primeira a “Feira Medieval” de São Leopoldo, que fez uma viagem no tempo com trio de gaita de foles, dança cigana, teatro de bonecos, dança celta e tribal, torneios medievais e entre outras atividades.

Oficina de malabarismo e workshop de arte circense também fizeram parte da programação. Para duas escolas municipais de São Leopoldo, houve apresentações infantis de teatro “Cantiga de Roda” e “Brinquedos Folclóricos”, da Cia do Riso. Além disso, shows musicais de Nei Lisboa, Ernesto Fagundes e a Orquestra Unisinos Anchieta, movimentaram a comunidade. O evento, promovido pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc, tem apoio da Prefeitura Municipal de São Leopoldo, Sindilojas São Leopoldo, Yázigi São Leopoldo e Aliança Francesa. Mais informações podem ser obtidas no telefone (51) 3592-2129, no site www.sesc-rs.com.br/sao_leopoldo e na página www.facebook.com/sescsaoleopoldo.

Os Aldeias Sesc são vertentes do projeto nacional Palco Giratório, circuito de artes cênicas do Sesc que completa 20 anos em 2017. Com uma curadoria formada por profissionais do Sesc, a programação selecionada apresenta anualmente uma amostra importante da produção cênica brasileira. Reconhecido como uma das maiores iniciativas no segmento de artes cênicas do país, o Palco Giratório é uma rede de intercâmbio e difusão das artes cênicas consolidada no cenário cultural brasileiro. Ao longo de 19 edições, levou uma grande variedade de gêneros e linguagens artísticas para um público diversificado em 9.526 apresentações em todo o país, entre grupos de teatro de rua, circo, dança entre outras linguagens artísticas — em instalações do Sesc, praças e outros espaços urbanos.