Loft Urbano na CASACOR São Paulo

Tons sóbrios, diversas obras de arte e muito verde compõem ambiente que traz também características masculinas e com perfil nova-iorquino. Um painel ripado em madeira integra teto, parede e iluminação

Em uma atualidade tão acelerada e individualista, espaços que incentivam a convivência são tendência no universo da arquitetura. É com esta premissa que os profissionais cariocas Alexandre Gedeon e Hugo Schwartz assinam o contemporâneo Loft Urbano e estreiam na CASACOR São Paulo. A maior e mais completa mostra de arquitetura, design e paisagismo das Américas acontece de 23 de maio a 23 de julho, no Jockey Club, e apresenta aos visitantes o que realmente é essencial para o viver bem.

O estilo de morar no qual as paredes são totalmente eliminadas e dão espaço à integração surgiu em Nova York, na década de 1970, onde velhos galpões e armazéns de edifícios foram reformados para servir de moradia aos profissionais liberais, artistas, publicitários e executivos. Esta foi a principal inspiração para o projeto do loft de 95m², que traz o conceito cosmopolita pautado em ambientes compactos e integrados, que favorecem o convívio entre as pessoas.

Segundo Hugo Schwartz, a composição de um projeto 100% focado no conceito de morar bem deve ser sempre prática e funcional. “Evitamos seguir tendências passageiras que se esgotam com o tempo e que, muitas vezes, são extremamente caras. Não precisa ser caro para ser prático e bonito e foi com esta proposta que criamos o Loft Urbano”, afirma.

Logo na entrada é possível apreciar as características de urbanidade. O grande destaque fica por conta do pórtico com uma intervenção do artista paulista Walter Nomura, também conhecido como Tinho, que propõe um grafite baseado no lugar do homem no espaço urbano, atravessado pelo constante clima ácido e crítico de personagens que escondem, por trás da estética amena, a constante solidão.

A tecnologia se destaca por meio dos sistemas de luz, áudio e vídeo, que podem ser controlados por tablet ou celular com aplicativo de automação correspondente instalado e configurado. Como diferencial, o projeto luminotécnico conta com cenários pré-estabelecidos e que se ajustam imediatamente ao toque de um botão. Além disso, vale destacar que as lâmpadas LED garantem até 80% de economia de energia, se comparadas à iluminação tradicional.

Para o som ambiente, foram utilizadas “caixas invisíveis”, inovação no mercado de áudio. São embutidas no forro ou nas paredes e recebem o mesmo acabamento, podendo ser pintadas ou revestidas, tornando-se invisíveis sem prejudicar a qualidade do som.

A cama da Auping, outra novidade, é totalmente articulada e motorizada, proporcionando um conforto absoluto e ventilação permanente que impede a formação de umidade e proliferação de ácaros. Como design inusitado, esta cama se integra ao sofá numa montagem inédita para uma espécie de home theater compacto. A TV integrada ao espelho do banheiro é também uma grande novidade. Outra solução do ambiente, totalmente adaptável ao cotidiano das pessoas, é a cozinha aberta. De acordo com os profissionais, com a correria do dia-a-dia e as pessoas aprendendo e gostando de cozinhar, o costume de receber em casa para um almoço ou jantar e poder socializar enquanto a comida é preparada é um grande benefício, que passa a ser parte do evento social.

Neste loft moderno e cheio de charme, todos os detalhes foram pensados minuciosamente pela dupla de arquitetos, que acredita que com a alta do mercado imobiliário e a tendência de casas compactas, cada metro quadrado deve ser muito bem aproveitado.