Inter demite Antônio Carlos Zago e busca treinador para sair da Série B

Técnico não resistiu à pressão após a derrota para o Paysandu, pela terceira rodada da Série B, e deixa o clube após quase seis meses de trabalho.

Foto/Divulgação

– O Sport Club Internacional comunica que Antônio Carlos Zago deixa o comando técnico do time. Saem também o preparador físico Carlos Pacheco e o auxiliar técnico Galeano. O Clube agradece a todos pelos serviços prestados e deseja sorte na sequência de suas carreiras – publica a nota. O cenário ficou insustentável para a permanência de Antônio Carlos Zago após a derrota por 1 a 0 para o Paysandu, pela Série B.

Zago deixa o Inter após completar exatos 30 jogos no comando da equipe, com o título da Recopa Gaúcha como ponto alto – há ainda o vice no Gauchão, para o Novo Hamburgo. Ao todo, o técnico soma 14 vitórias, 10 empates e seis derrotas, com 47 gols feitos e 27 sofridos. O aproveitamento é de 57,77%.
O treinador encerra sua passagem sem conseguir dar uma cara, de fato, à equipe.

O Inter volta a vasculhar o mercado à procura de um treinador. Algo que, aliás, é recorrente ao clube. Em menos de um ano, Zago é o quinto técnico a passar pelo Beira-Rio. Desde julho do traumático 2016, Argel, Falcão, Celso Roth e Lisca estiveram no comando da equipe.
Os nomes cotados para o cargo são de treinadores mais experientes, como Levir Culpi, Marcelo Oliveira e Guto Ferreira. Com ou sem técnico, o Inter volta a campo na próxima quarta-feira e com missão árdua. O Colorado encara o Palmeiras, às 21h45min, no Beira-Rio, pelo jogo da volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Na ida, a equipe foi derrotada por 1 a 0 em São Paulo.