PIB do Brasil supera países vizinhos e europeus

No primeiro trimestre de 2017, economia brasileira cresceu 1% e superou países das Américas, Europa e Ásia – Arquivo EBC

Depois de dois anos da mais grave recessão da história, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil no primeiro trimestre avançou 1% e deixou no passado sua pior crise econômica. Com o resultado, o País ficou em posição de destaque se comparado às taxas de crescimento trimestral no resto do mundo.

Entre os países de América Latina, o crescimento do Brasil foi superior ao PIB trimestral do Chile (+0,2%), Colômbia (-0,2%) e Paraguai (-0,3%), de acordo com os levantamentos mais recentes.

No primeiro trimestre, o resultado positivo da economia brasileira foi influenciado, principalmente, pelo expressivo resultado do setor agrícola. Esse desempenho veio acima do esperado tanto pela equipe econômica quanto pelos analistas econômicos, em meio a um cenário de queda nos juros e na inflação.

Maiores economias

Ainda nas Américas, o crescimento brasileiro superou a taxa trimestral de economias importantes como a do México (+0,7%) e Canadá (+0,9%) e ficou muito próxima ao PIB norte-americano no período, que foi revisado para uma alta de 1,2%.

Em relação à Europa, o avanço de 1% da economia brasileira foi maior que o PIB trimestral da Alemanha (+0,6%), Espanha (+0,8%), Reino Unido (+0,2%), França (+0,4%). A média de crescimento da Zona do Euro foi de 0,5%.

Já em relação aos países asiáticos, o Brasil ultrapassou o crescimento da Coreia do Sul (+0,9%), o país insular Taiwan (+0,94%), Japão (+0,7%) e Hong Kong (+0,7%), que é uma região administrativa especial da república chinesa.