Reunião sobre segurança em condomínios populares


Apesar do tempo chuvoso, representantes de condomínios populares se reuniram novamente na Secretaria de Habitação para discutir problemas estruturais e de convivência. O encontro, realizado na quinta-feira (1/06), teve como pauta Segurança Pública. Convidado pelo secretário Nelson Spolaor, o diretor-geral adjunto da Guarda Civil Municipal (GCM), Pedro Gimenez, falou da função e das prerrogativas da corporação. “O condomínio é um espaço privado. A Guarda Municipal não pode agir por contra própria. Seguimos regras. No entanto, nos colocamos à disposição dos moradores. A convite do síndico, podemos entrar e realizar trabalhos de prevenção com jovens e nos fazer presentes”, ressaltou.
Sobre o tema da infraestrututa, Spolaor está em contato com a Caixa para viabilizar recursos visando projetos e convênios. Ficou definido também que os encontros entre condôminos e gestores ocorrerá sempre na primeira quinta-feira de cada mês no Centro Administrativo. “A presença expressiva de moradores em um dia adverso mostra a necessidade de buscarmos soluções. Por isso definimos um encontro mensal. A partir dessa convergência de propostas, vamos conversar com os bancos, administradoras prediais e com a área de segurança de forma coletiva”, destacou.
De acordo com dados da Secretaria de Habitação, 3 mil pessoas residem nos condomínios populares de São Leopoldo.