Inter empata com o Juventude

O Internacional empatou em 1 a 1 com o Juventude na noite deste sábado, no Beira-Rio, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

— Fotos: Ricardo Duarte

O time colorado abriu o placar com Nico López, aos 2min do segundo tempo, mas cedeu o empate aos 38min. O próximo desafio é contra o Figueirense, terça-feira, às 20h30, no Orlando Scarpelli. No Gigante, o próximo jogo é diante do Náutico, no sábado (10/6).

Escalação

O time armado pelo estreante Guto Ferreira teve novidades. Junio assumiu a lateral direita no lugar de William, que realiza trabalhos físicos especiais e não pôde atuar, e Carlinhos desempenhou a função pelo lado esquerdo. Com isso, Uendel foi deslocado para o meio-campo no lugar de Felipe Gutiérrez, convocado para a Seleção Chilena para a disputa da Copa das Confederações. O ataque teve William Pottker e Nico López.

Juventude fechadinho e perigoso no ataque

O duelo começou com um susto. Aos 2min, Leílson foi ao fundo e cruzou rasteiro para a pequena área, onde Tiago Marques por pouco não conseguiu o desvio para o gol – a bola ganhou muita velocidade a acabou saindo pela linha de fundo. Depois disso, o Inter assumiu o controle da partida: tinha muito mais posse de bola e volume de jogo, mas encontrava dificuldades para furar o bloqueio do adversário. A primeira conclusão com perigo foi aos 25min, quando D’Alessandro, mesmo sem ângulo, bateu falta direta que Matheus espalmou para escanteio. O árbitro assistente, erradamente, assinalou tiro de meta, considerando que o goleiro fez a defesa quando a bola já havia ultrapassado a linha de fundo.

No final do primeiro tempo, Juventude chegou novamente com força. Aos 39min, Brunno Collaço cobrou falta e defendeu no cantinho direito. Aos 42min, Caprini dividiu com Danio Fernandes no interior da área e, no rebote, chutou buscando o gol, mas Edenilosn apareceu para salvar a bola em cima da linha.

Inter faz 1 a 0 com Nico López

No intervalo, Guto Ferreira mexeu no time, colocando Carlos no lugar de Uendel. E o atacante teve participação no lance que originou o gol colorado. Aos 2min, ele trocou passes de cabeça com Carlinhos e a bola acabou sobrando para Nico López, que mandou de bico para o fundo da rede. Foi terceiro gol do atacante uruguaio no campeonato e o 11º na temporada.

O Inter seguiu rondando a área do Juventude em busca do segundo gol. Aos 21min, Carlos teve grande chance de ampliar: o camisa 11 recebeu passe de Pottker no interior da área, mas chutou por cima, rente ao travessão.

Empate aos 38min

Aos 35min, Thiago Marques cabeceou e Danilo Fernandes fez grande defesa, porém o atacante estava e posição de impedimento. Aos 38min, no entanto, Thiago Marques foi preciso no cabeceio e empatou o jogo. Aos 40min, em rápido contra-ataque, quase a virada: Ramon invadiu a área e chutou cruzado para a defesa salvadora de Danilo. O Inter ainda tentou na base do abafa nos minutos finais, mas não coseguiu chegar à frente. O time ocupa a 10º posição, com cinco pontos.

“O time sentiu o desgastae do jogo de quarta-feira, da Copa do Brasil. De qualquer forma, não podemos ficar sem vencer dois jogos dentro de casa. A cobrança foi muito forte dentro do vestiário e vamos nos preparar de uma forma melhor para a próxima partida”, avaliou o vice-presidente de futebol Roberto Melo.

Ficha técnica:

Internacional (1): Danilo Fernandes; Junio (Fabinho), Léo Ortiz, Victor Cuesta e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Uendel (Carlos), Edenílson e D’Alessandro; William Pottker e Nico López (Eduardo Sasha). Técnico: Guto Ferreira.

Juventude (1): Matheus Cavichioli, Vinícius (Micael), Domingues, Ruan, Bruno Collaço, Fahel (Diego Felipe), Lucas, Juninho, Leílson, Caprini (Ramon) e Tiago Marques. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Gols: Nico López (I), aos 2min do segundo tempo, Thiago Marques (J), aos 38min do segundo tempo.

Cartões amarelos: Bruno Collaço, Thiago Marques, Leílson (J); Uendel, D’Alessandro, Edenilson (I).

Total público: 18.626
Pagantes: 16.252.
Menores: 1.135.
Não pagantes: 1.239.
Renda: R$ 396.893,00.

Arbitragem: Marcelo Aparecido R de Souza, auxiliado por Anderson José de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo (trio de São Paulo).

Local: Beira-Rio.