Fundação oferece R$ 250 mil para trabalhos de saúde

Entre as novidades, está a premiação em dinheiro para os 2º e 3º classificados

As instituições e empresas interessadas em indicar trabalhos para concorrer ao Prêmio Péter Murányi, sob o tema Saúde, já podem se inscrever na entidade. Em mudança realizada este ano, os três finalistas da 17a edição serão contemplados com valor em dinheiro, além do certificado de reconhecimento público, o vencedor receberá R$ 200 mil e um troféu, o segundo e o terceiro colocados ganharão R$ 30 mil e R$ 20 mil, respectivamente.
Promovido pela Fundação Péter Murányi, o objetivo dessa iniciativa é reconhecer projetos que apresentem aplicação prática, que sejam inovadores, além de apresentarem resultados relevantes para a melhoria da qualidade de vida.
“Temos muito prazer em promover essa premiação. Em meio a tantos cortes, dada a atual conjuntura econômica, é muito importante que possamos incentivar e reconhecer bons projetos, especialmente, aqueles que comprovem uma melhoria significativa para a sociedade”, afirma Vera Murányi Kiss, presidente da Fundação Péter Murányi, entidade responsável pelo Prêmio.
Para participar os trabalhos deverão ser enviados entre os dias 1o de agosto e 30 de setembro, e os finalistas serão divulgados em fevereiro de 2018.
A premiação acontece anualmente, alternando os temas “Saúde”, “Ciência & Tecnologia”, “Alimentação” e “Educação”, e conta com o apoio da ABC (Academia Brasileira de Ciências), Aciesp (Academia de Ciências do Estado de São Paulo), Anpei (Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras), Aconbras (Associação dos Cônsules no Brasil), CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola), CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico), Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência).