Quatro pessoas morreram vítimas dos temporais no RS

Destroços de uma casa na Vila Oliva, em Caxias do Sul – Foto: Divulgação Defesa Civil

Quatro pessoas morreram (em Caraá, Caxias do Sul, Jaboticaba e Liberato Salzano) vítimas das adversidades climáticas dos últimos dias no estado. Até o momento são 73 os municípios em estado de emergência e 159 os atingidos pelas chuvas, cheias dos rios e ventos fortes. Também aumentou o número de pessoas fora de casa, 11.507, com 452 famílias desabrigadas e 2.288 desalojadas.

Até o momento, decretaram situação de emergência os municípios de Arroio do Meio, Barão de Cotegipe, Barra do Quarai, Barros Cassal, Boa Vista das Missões, Boqueirão do Leão, Braga, Cachoeira do Sul, Campo Novo, Caraá, Casca, Catuípe, Chiapeta, Coronel Bicaco, Cristal, Cristal do Sul, Dom Pedrito, Floriano Peixoto, Frederico Westphalen, Garruchos, Gentil, Guaporé, Ibirapuitã, Inhacorá, Irai, Itapuca, Itaqui, Itati, Jaboticaba, Jarí, Lagoão, Liberato Salzano, Maquiné, Maratá, Minas do Leão, Miraguaí, Novo Barreiro, Paim Filho, Palmitinho, Panambi, Pedras Altas, Pirapó, Ponte Preta, Porto Mauá, Porto Xavier, Rio dos Índios, Roque Gonzáles, Sagrada Família, Santana da Boa Vista, Santo Ângelo, Santo Antônio das Missões, São Borja, São Jerônimo, São José das Missões, São José do Sul, São Nicolau, São Pedro das Missões, São Sebastião do Caí, Sertão, Sinimbu, Soledade, Tenente Portela, Terra de Areia, Tiradentes do Sul, Três Arroios, Três de Maio, Três Passos, Trindade do Sul, Tunas, Uruguaiana, Vicente Dutra, Vila Lângaro e Vista Gaúcha.

Defesa Civil segue em estado de alerta, com o monitoramento das coordenadorias regionais em conjunto com os municípios, oferecendo toda ajuda necessária aos órgãos de segurança das localidades atingidas. Qualquer informação ou pedido de auxilio podem ser encaminhados pelo telefone 199.