São Leopoldo busca parceria com Instituto Confúcio

Foto: Charles Dias

O diretor do Instituto Confúcio na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, professor Tiejun Gu, esteve em São Leopoldo na quarta-feira (7) para tratar sobre acordo de cooperação futura entre a entidade e o município. O assessor responsável pela área internacional de Prefeitura de São Leopoldo, Pedro Vasconcelos, explica que a administração municipal está construindo, junto a governos de vários países – através das embaixadas e seus institutos culturais –, um programa de estudos de idiomas para cidadãos leopoldenses, além de bolsas de estudo no exterior para cursos de línguas, graduação e pós-graduação.  “Esta foi a segunda reunião que fizemos neste sentido, já iniciamos também uma conversa formal com a Aliança Francesa”, conta o assessor.

Durante o encontro, o diretor do instituto ofereceu bolsas de estudos para uma turma de mandarim, na sede na Ufrgs. Será realizado um processo seletivo, com edital,  seguindo critérios a serem definidos pelo instituto. O município também conseguiu duas bolsas para participar do Summer Camp China, um festival de 20 dias que acontece todos os anos em Pequim, no mês de agosto.

A visita ocorreu na Secretaria de Gestão e Governo, com Marcel Frison. O secretário de Cultura e Turismo, Ismael Mendonça, abordou a possibilidade de realizar intercâmbio cultural entre os países. O professor de línguas Espartaco Dutra acompanhou a visita.

Instituto Confúcio

O Instituto Confúcio é uma instituição sem fins lucrativos dedicada ao ensino da língua e da cultura chinesas pelo no mundo. No Rio Grande do Sul, a entidade surge da cooperação entre a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e a Universidade de Comunicação da China (UCC), com o suporte pedagógico, cultural e financeiro da Sede Matriz do Instituto Confúcio, localizada em Pequim, na China.