CASANEWS

Os finalistas do 4º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel

Entre os 186 projetos inscritos provenientes de 12 estados brasileiros e Distrito Federal, o Instituto Tomie Ohtake e a AkzoNobel anunciam os dez selecionados pelo júri do 4º Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel, composto pelos arquitetos Carla Juaçaba, Gustavo Penna, Nabil Bonduki e Priscyla Gomes. Em 2017, registrou-se um aumento de 56% no volume de inscrições em relação à edição anterior. Entre os finalistas há obras localizadas em São Paulo, Santa Catarina, Tocantins, Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Cidade do México.

Projetos finalistas:

Casa 4×30, São Paulo – SP – arquiteto responsável Clara Reynaldo – CR2 Arquitetura + FGMF Arquitetos
Casa Torreão, Brasília – DF – arquiteto responsável Matheus Seco – Bloco Arquitetos
Ciclovia Avenida Paulista, São Paulo – SP – arquiteto responsável Gianpaolo Santoro Granato – Studio GGA
Cobertura Mercado Público de Florianópolis, Florianópolis – SC – arquiteto responsável Gustavo Utrabo – Aleph Zero
 Instituto Brincante, São Paulo –SP – arquiteto responsável Dante Furlan – Bernardes Arquitetura
Mirante 9 de Julho, São Paulo – SP – arquiteto responsável Marcos Paulo Caldeira –MM18
Moradas Infantis, Formoso do Araguaia – TO – arquiteto responsável Adriana Benguela – Rosenbaum + Aleph Zero
Parque da Gare, Passo Fundo – RS – arquiteto responsável Pedro Paes Lira – Idom
Subsolanus, Cidade do México DF – México – arquiteto responsável Henrique te Winkel – Vão
Vazio, São Paulo – SP – arquiteto responsável Marina Acayaba – AR arquitetos

Esses dez projetos, que serão reunidos também em publicação, participam de uma exposição, com entrada gratuita, na sede do Instituto Tomie Ohtake, de 10 de agosto a 17 de setembro de 2017. Na abertura do evento, dia 10 de agosto, serão anunciados os premiados. Os arquitetos responsáveis pelos três projetos considerados de maior destaque serão contemplados com viagens internacionais: Xangai/China, Helsinque/Finlândia e Havana/Cuba.

Uma mostra de filmes sobre arquitetura, projetada na fachada do edifício que abriga o Instituto Tomie Ohtake, faz parte da programação paralela ao Prêmio, assim como ações educativas para o público jovem que têm por objetivo promover uma discussão sobre a relação das pessoas com a arquitetura e o urbanismo nos espaços que habitam.

O Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel é destinado exclusivamente a arquitetos brasileiros ou estrangeiros que vivam no Brasil há pelo menos dois anos, com até 45 anos de idade, e projetos construídos durante os últimos dez anos. Arquitetos, escritórios de arquitetura ou coletivos de arquitetos podem se inscrever com mais de um projeto, o que contribui para demonstrar um panorama da arquitetura brasileira nos seus mais variados contextos.

A premiação é resultado de uma parceria entre o Instituto Tomie Ohtake e a AkzoNobel, multinacional holandesa que atua nos segmentos de tintas, revestimentos e especialidades químicas e se insere nas perspectivas do Instituto, enquanto instituição cultural, ao promover iniciativas no campo da arquitetura, do urbanismo e do design.

Tags

Artigos relacionados

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios