Operação Viagem Segura de Corpus Christi

Começa à zero hora desta quarta-feira (14) a Operação Viagem Segura de Corpus Christi. Os órgãos de trânsito estarão mobilizados durante cinco dias para trazer mais segurança ao feriado religioso. A 75ª edição da operação se estende até à meia-noite de domingo (18). A reunião preparatória aconteceu no dia 1º de junho, no quartel do Comando Geral da Brigada Militar, em Porto Alegre, e contou com a presença de 12 instituições ligadas a trânsito e transporte.

No período de 2007 a 2016, o feriadão de Corpus Christi registrou média de 6,6 mortes por dia (pouco acima da média geral de todos os feriados, de 6,5) e menor que a média dos finais de semana normais (7,2). No ano de 2016, morreram 35 pessoas durante os cinco dias da operação, 7,9% a menos do que no feriado de 2015, quando foram registradas 38 mortes. Esses dados contabilizam os óbitos após 30 dias de acompanhamento dos feridos nos hospitais, além das mortes no local divulgadas no final dos feriados.

A análise dos dados estatísticos de 2007 a 2016 demonstra que a maioria dos acidentes nos feriados de Corpus Christi aconteceu no sábado, penúltimo dia do feriadão (média de 8,3 mortes/dia) e durante a noite. Mais da metade das ocorrências fatais (60%) ocorreram nas rodovias. As cidades com maior número de vítimas fatais foram Porto Alegre (25), Rio Grande (10) e Pelotas (8).

Na saída para o feriadão ocorrerá a já tradicional Megablitz na capital, somando os esforços da Polícia Civil e dos agentes da Balada Segura à Viagem Segura. Na tarde do dia 14, servidores do Detran/RS, PRF, ANTT, Sest Senat, empresas do programa Transportadora da Vida e EPTC, acompanhados de integrantes do Comitê Municipal da Balada Segura de Porto Alegre, realizaram ação educativa na Estação Rodoviária de Porto Alegre, alertando para a importância de utilizar o cinto de segurança também nos ônibus.

Segurança no trânsito

A Operação Viagem Segura é um dos principais programas de segurança no trânsito do Estado, contabilizando, desde o feriado de Proclamação da República de 2011, mais de 4,8 milhões de veículos fiscalizados. O resultado foi a autuação de 817 mil infrações, o recolhimento de quase 79 mil veículos e 21 mil Carteiras Nacionais de Habilitação. Foram realizados 164 mil testes de etilômetro, registrando mais de 16 mil infrações por alcoolemia.

Essa será sua 75ª edição, congregando esforços do Detran/RS, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Brigada Militar (BM), Comando Rodoviário da BM (CRBM) e Polícia Civil para reforçar a fiscalização e promover ações de conscientização com o apoio de ANTT, Cetran/RS, Daer, EGR, Famurs, Metroplan, SindiCRD, órgãos de trânsito municipais (EPTC, na Capital), Fecam, Setcergs e Lions Club.