1º Fórum Faz Agora de Educação

“Mestres inspiradores, jovens questionadores”

O Instituto Faz Agora propõe uma reflexão sobre o futuro da Educação. A Evolução dos Educadores! Em pleno século XXI ainda temos educadores do século XX e uma educação do século XIX.

O desafio é manter a atenção e dedicação dos educandos em sala de aula apesar das diversas formas de acesso à informação.

Este encontro pretende proporcionar esta e outras reflexões, pois os educadores não são mais vistos como os detentores do conhecimento e sim mediadores, conduzindo e incentivando as crianças e jovens na busca do conhecimento que precisam e que lhes será útil para a vida.

A orientação e direcionamento para melhor seguirem seus objetivos e suas escolhas. O educador que não passar por essa evolução estará destinado à extinção profissional.

Por isso, o 1º Fórum Faz Agora de Educação tem como tema “Mestres inspiradores, jovens questionadores”, que reunirá representantes de escolas da rede pública do estado do Rio Grande do Sul, ganhadores do Prêmio Nacional de Educação e irá destacar duas experiências vividas por esses profissionais, que estão mudando a maneira e o método de ensino de crianças e adolescentes, ajudando a construir um mundo com jovens questionadores, mostrando que é possível fazer a diferença por onde passamos, deixando marcas na vida de quem passa por eles. A educadora Maria Cristina Fachin de Pinhal Grande, com o projeto “Vem cá… que história é essa?” e o educador Ivan Gonçalves de Arroio Grande, com o projeto “Projetos bem sucedidos!”.

Encerrando a programação o filósofo e professor Mario Sergio Cortella fará a palestra “Qual é a tua obra? Inquietações Propositivas sobre Gestão, Liderança e Ética”.

O intuito do evento é refletir sobre o Eu e o propósito no mundo hoje, a fim de incentivar a partilha de ações educacionais no meio em que cada um se encontra. Fazendo com que todo cidadão independentemente de profissão ou classe social tome para si a responsabilidade de educar e dar exemplo para a nova geração, com a intenção de criarmos uma sociedade mais comprometida com as pessoas, o planeta e o futuro da nossa nação.

Sábado, 24 de junho, às 16:00, no Teatro Feevale, em Novo Hamburgo