Maiores bancos do País criam empresa para análise de crédito

Com organização de um banco de dados, intenção é aperfeiçoar concessão de empréstimos na Caixa, Banco do Brasil, Bradesco, Santander e Itaú

Cada uma das instituições será responsável por 20% do capital social da nova empresa gestora Divulgação/Caixa Econômica Federal

Maiores bancos do País, Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil, Bradesco, Santander e Itaú se uniram para criar uma empresa de controle compartilhado para aperfeiçoar a concessão de créditos a clientes. A partir de um banco de dados, a Gestora de Inteligência de Crédito será responsável por reunir informações cadastrais e creditícias de pessoas físicas e jurídicas.

A Caixa anunciou a criação da empresa aos acionistas e ao mercado nesta quarta-feira (14). Em comunicado, o banco informa que o capital social da gestora será compartilhado de forma igualitária pelas cinco instituições: cada uma será responsável pela fatia de 20% do total. As partes estimam que a companhia estará operando integralmente em 2019.

“O Conselho de Administração da Companhia será composto por membros indicados pelas partes e a sua diretoria terá dedicação exclusiva ao negócio, preservando a gestão independente da empresa”, informa o texto do comunicado.

Ambiente de crédito

As informações que a companhia vai reunir sobre pessoas físicas e jurídicas têm o objetivo, segundo o informe, de “agregar, conciliar e tratar informações cadastrais e creditícias nos termos das normas aplicáveis”. O resultado, segundo a instituição, é aperfeiçoar processos de concessão, precificação e direcionamento de linhas de crédito, o que gera melhoria no ambiente de crédito no País no médio e longo prazo.

“A constituição da companhia reafirma nossa confiança no futuro do Brasil e do mercado de crédito, criando condições para um mercado mais sólido e sustentável”, informou a Caixa.