ExpoBento deve movimentar R$ 40 milhões na Serra Gaúcha

Feira de vinhos e produtos regionais vai reunir mais de 450 expositores e representantes da agricultura, indústria, comércio e serviços

Mais de 200 mil pessoas devem passar pela feira em julho Arquivo/Embratur

Durante 11 dias, mais de 450 expositores da agricultura, indústria, comércio e prestadores de serviços, inclusive turísticos, se reunirão na 27ª edição da feira de Bento Gonçalves, a ExpoBento. Neste ano, o volume de negócios do evento está estimado em 40 milhões.

Desde 1990, o evento é referência para diversas feiras de negócios pelo Brasil e atrai visitantes de outras regiões, além de todo o Rio Grande do Sul. O Parque de Eventos de 58 mil m² de área coberta deverá receber até 200 mil pessoas durante os dias 8 a 18 de julho.

Enocultura

Conhecida como Capital Brasileira do Vinho, não poderia faltar espaço para que as vinícolas mais tradicionais da Região Uva e Vinho ofereçam aos visitantes possibilidades de degustação e compra.

“O enoturismo progride a passos largos e tem sido um alvo de buscas de turistas nacionais e internacionais. E o Ministério do Turismo tem trabalhado para fomentar esse segmento, como a oferta da nova linha de crédito do Fundo Geral do Turismo (Fungetur) que poderá ajudar quem deseja melhorar seu empreendimento”, explicou o diretor do Departamento de Ordenamento do Turismo do ministério, Rogério Cóser.

Os visitantes vão degustar receitas típicas da região regadas ao vinho produzidos nas vinícolas do estado, como as cucas, pães, queijos, embutidos e outros produtos das colônias italianas e alemães.

Também haverá mostras de vestuários, calçados, acessórios e automóveis.