Ciências Biológicas do Campus Universitário da Região dos Vinhedos recebe conceito 4 na avaliação do MEC

Acadêmicos em aula da disciplina de Zoologia de Invertebrados no Laboratório de Biologia, que integra a infraestrutura do curso (Foto divulgação)

O curso de Bacharelado em Ciências Biológicas da Universidade de Caxias do Sul, ofertado no Campus Universitário da Região dos Vinhedos, também celebra a boa avaliação realizada pelo Ministério da Educação, com o conceito 4. Avaliadores do MEC realizaram uma visita presencial na unidade universitária, entre os dias 22 e 25 de março, para analisarem o curso em três dimensões: corpo docente, infraestrutura e projeto pedagógico.

A coordenadora do curso, professora Raquel Cristina Balestrin, explica que, em relação à titulação do corpo docente – que possui um percentual de 100% de professores pós-graduados, dos quais 53,84% são doutores – foi emitida a nota 4,3. O curso conta com 65,38% de professores em regime de tempo integral e parcial. E ainda, 61,53% do corpo docente tem experiência profissional igual ou superior a dois anos em outras atividades e 88,46% possui experiência de magistério superior de três anos ou mais. E 50% possuem de quatro a nove publicações científicas.

Segundo os avaliadores do MEC, a estrutura curricular implantada contempla, muito bem, em uma análise sistêmica e global, os aspectos: flexibilidade, interdisciplinaridade, acessibilidade pedagógica e atitudinal e articulação da teoria com a prática. Além disso, os conteúdos curriculares implantados possibilitam o desenvolvimento do perfil profissional do egresso, considerando, em uma análise sistêmica e global, os aspectos: atualização, acessibilidade, adequação da bibliografia e abordagem de conteúdos pertinentes às políticas de educação ambiental.

Raquel Balestrin informa também que outro ponto que contribuiu com o conceito 4 foi a qualidade do estágio obrigatório, uma vez que o mesmo está muito bem regulamentado, considerando, em uma análise sistêmica e global, os aspectos: carga horária, previsão/existência de convênios, formas
de apresentação, orientação, supervisão e coordenação, destacando-se a boa infraestrutura que a unidade universitária oferta para a realização destes trabalhos.

“A infraestrutura oferecida aos alunos contribuiu muito para esse conceito, pois no campus universitário os alunos têm acesso a 21 laboratórios de informática, três laboratórios de física, um de química e quatro laboratórios de Biologia, todos muito bem equipados, dando suporte ao alunos, experienciando a teoria vista”, comenta a coordenadora. Os laboratórios didáticos especializados implantados com respectivas normas de funcionamento, utilização e segurança atendem aos aspectos quantidade de equipamentos adequada aos espaços físicos e vagas autorizadas.Os avaliadores consideraram as salas de aula para o curso muito boas, considerando os aspectos: quantidade e número de alunos por turma, disponibilidade de equipamentos, dimensões em função das vagas autorizadas, limpeza, iluminação, acústica, ventilação, acessibilidade, conservação e comodidade. 

A biblioteca atende os requisitos legais em relação ao número de exemplares por aluno da bibliografia básica e complementar. Contudo o destaque fica para os periódicos especializados, já que a UCS tem acesso ao Portal de Periódicos da CAPES, que supre todas as demandas necessárias para a o conceito 5 neste indicador.

Diferenciais

O contexto educacional foi avaliado com conceito 5 (nota máxima) por contemplar de forma excelente às demandas efetivas de natureza econômica, social, cultural, política e ambiental da região onde a IES está inserida. Os objetivos do curso também receberam nota 5, uma vez que são possíveis de serem alcançados e apresentam excelente coerência, em uma análise sistêmica e global, com os aspectos: perfil profissional do egresso, estrutura curricular e contexto educacional. As atividades pedagógicas apresentam muito boa coerência com a metodologia implantada, inclusive em relação aos aspectos referentes à acessibilidade pedagógica e atitudinal. Em linhas gerais, existe corpo docente e infraestrutura na IES que atendem de forma excelente ao número de vagas oferecidas.

Os trabalhos de conclusão do curso (TCC) também são diferenciais e, segundo os avaliadores do MEC, eles atendem de forma excelente a todos os parâmetros e a unidade universitária em Bento Gonçalves possui uma boa estrutura, oferecendo condições para o desenvolvimento de trabalhos em diferentes áreas do conhecimento.

“Em âmbito global, em cada semestre busca-se refletir a biodiversidade e a historicidade do conhecimento, contemplando disciplinas relacionadas tradicionalmente com a ecologia, a botânica, a zoologia e a genética. Ao longo do curso são oferecidas disciplinas que têm servido de ferramenta às descobertas, análise e interpretações biológicas, caracterizando a Biologia como um estudo essencialmente interdisciplinar”, conclui Raquel.