Exercícios físicos no inverno exigem cuidados

Queda nas temperaturas não deve impedir atividades mas podem castigar atletas

O inverno é uma estação que convida o corpo a ser mais preguiçoso e com um tempo de reação mais lento nas atividades físicas. Apesar da temperatura mais baixa ser convidativa para a interrupção da atividade, isso não deve ocorrer. Porém é preciso tomar cuidados antes de manter o mesmo ritmo dos treinos no inverno.

Segundo Ricardo Ros Filho, coach e sócio da CrossFit Ribeirão, a prática de atividades no inverno deve ser cautelosa pois o corpo sente bastante os choques de temperatura. “É sempre importante que as pessoas se preocupem em proteger áreas como mãos, pés e cabeça da mudança muito brusca de temperatura em treinos ao ar livre. Além disso, o aquecimento corporal antes das atividades deve ser reforçado para evitar lesões musculares e deixar o corpo mais preparado para um bom desempenho”.

Além das proteções e do reforço no aquecimento, Ricardo ainda destaca a importância dos atletas reforçarem os cuidados com a saúde. “Exames cardiológicos devem estar em dia, por estar frio, o corpo exige muito mais do coração e da circulação para aquecer por completo. Como vivemos em uma cidade que faz calor a maior parte do ano, as pessoas sentem o choque térmico com qualquer baixa de temperatura. É importante sempre reforçar sobre a hidratação do corpo e uma alimentação balanceada”.

Sobre o CrossFit: é um programa de treinamento de força e condicionamento físico geral que proporciona a mais ampla adaptação fisiológica possível para qualquer tipo de pessoa, independente do grau de condicionamento físico, idade ou sexo. Gera uma maior otimização de todas as capacidades físicas como: resistência cardiorrespiratória, resistência muscular, força, flexibilidade, potência, velocidade, coordenação, agilidade, equilíbrio e precisão.