Inter empata sem gols com o Paraná

— Fotos: Divulgação Imprensa SCI

O Internacional empatou em 0 a 0 com o Paraná na noite desta terça-feira, no Beira-Rio, em jogo válido pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O resultado deixa o time colorado na sexta posição, com 14 pontos, mesma pontuação do Goiás, que ocupa o quarto lugar pelo critério de número de vitórias (4 contra 3). No sábado (24/6), o adversário é o Brasil-PEL, no Bento Freitas, em Pelotas. No Gigante, o próximo jogo é diante do Boa Esporte, no dia 1º de julho.

Escalação

O time escalado por Guto Ferreira teve novidades: Ceará assumiu a lateral direita, enquanto Carlinhos cumpriu a função pelo lado esquerdo; Danilo Silva e Klaus formaram a zaga; o meio-campo teve Rodrigo Dourado, Fabinho, Uendel e D’Alessandro; Eduardo Sasha e Nico López foram os atacantes. O volante Edenilson foi poupado em virtude da sequência de partidas, e Ernando e Carlos, lesionados, não puderam atuar.

Primeiro tempo complicado

O Inter tentou se impor desde os primeiros movimentos da partida. Detinha mais posse de bola, trocava passes para encontrar espaços em campo, mas tinha dificuldade em ultrapassar o ferrolho armado pelos paranaenses, donos da melhor defesa do campeonato. Apesar de ocupar o campo de ataque durante praticamente todo o primeiro tempo, não conseguiu concluir a gol.

Inter muda no intervalo e Sasha sofre lesão

No intervalo, duas mudanças no Inter: o volante Valdemir entrou no lugar de Ceará e Brenner no de Nico López, com um desconforto muscular. A partir de então, Fabinho passou a atuar como lateral-direito. Logo aos 4min, um lance de infelicidade tirou Eduardo Sasha da partida – o atacante machucou o joelho após se chocar com o adversário e teve que ser substituído por Marcelo Cirino.

O panorama da partida foi o mesmo da etapa inicial, com o Inter mantendo mais posse de bola mas sem conseguir chegar com perigo à frente. Aos 25min, a primeira chance: D’Alessandro cobrou falta e Eduardo Borck cabeceou para trás, quase marcando gol contra. A bola raspou a trave direita antes de sair pela linha de fundo. Aos 31min, Brock bateu falta de longe e Danilo Fernandes defendeu com tranquilidade. Aos 43min, um susto: Robson cobrou falta e Danilo Fernandes fez boa defesa, espalmando para escanteio. Nada mais mudava o resultado da partida: 0 a 0.

Ficha técnica:

Internacional (0): Danilo Fernandes; Ceará (Valdemir), Danilo Silva, Klaus e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Fabinho, Uendel e D’Alessandro; Eduardo Sasha (Marcelo Cirino) e Nico López (Brenner). Técnico: Guto Ferreira.

Paraná (0): Richard; Cristovam, Rayan, Eduardo Brock e Igor; Leandro Vilela, Gabriel Dias, Renatinho (Luiz Otávio) e Minho (Jhony); Robson e Felipe Alves (Rafael Lucas). Técnico: Cristian de Souza.

Cartões amarelos: Klaus, Uendel, D’Alessandro, Rodrigo Dourado, Carlinhos (I); Cristovam, Felipe Alves, Robson (P).

Total público: 12.137.
Pagantes: 10.651.
Menores: 499.
Não pagantes: 987.
Renda: R$ 191.930,00.

Arbitragem: Eduardo Tomaz de Aquino Valadao, auxiliado por Cristhian Passos Sorence e Edson Antonio de Sousa (trio de Goiânia).

Local: Beira-Rio.