Aluna da Feevale é premiada em concurso de moda inclusiva

Projeto de roupa para mulheres com nanismo surgiu durante trabalho de aula, realizado por grupo de estudantes

O look produzido pela acadêmica de Moda da Universidade Feevale, Luane Miguel, é um dos três vencedores do I Concurso Moda Inclusiva RS, promovido pela Universidade Luterana do Brasil (Ulbra)
O look produzido pela acadêmica de Moda da Universidade Feevale, Luane Miguel, é um dos três vencedores do I Concurso Moda Inclusiva RS, promovido pela Universidade Luterana do Brasil (Ulbra). O desfile de apresentação dos projetos aconteceu nesta quarta-feira, 21 de junho, na Ulbra Canoas. Os trajes foram avaliados por um corpo de jurados, que escolheu o look de Luane como o segundo melhor, de um total de 13 selecionados.
Luane e a modelo Francielle

Luane submeteu um croqui, com ficha técnica e material descritivo, de uma roupa pensada para mulheres com nanismo. O trabalho foi iniciado, juntamente com as acadêmicas Julia Schmitt, Lisieux Pereira e Bárbara Trevisan, na disciplina de Projeto de Moda II, ministrada pela professora Emanuele Biolo Magnus. De acordo com as estudantes, o projeto procurou contemplar o conforto psicoestético do público-alvo e oferecer opções para essas mulheres que, muitas vezes, se vêm obrigadas a comprar roupas nos departamentos infantis das lojas.

Como prêmio, a acadêmica recebeu um curso de bordado com pedrarias na CoutureLab, um sapato Carlos Bacchi, um vale-compras de R$300,00 na loja Ada e participação no 5° Prêmio Brasil Sul de Moda Inclusiva. De acordo com a estudante, foi muito importante poder chamar atenção para as pessoas com nanismo. “Espero ter conseguido transmitir para o público um pouco das dificuldades que essas pessoas enfrentam. Não é só um problema com o tamanho das roupas. É a altura das cadeiras, das araras nas lojas, os botões e outros obstáculos que nem nos damos conta, mas fico feliz em contribuir na busca de soluções”, afirmou.
Sobre o concurso
O I Concurso Moda Inclusiva RS integra o Projeto de Extensão Moda Inclusiva, realizado pela Ulbra com o objetivo de defender a igualdade entre todas as pessoas, com quaisquer tipos de corpos e limitações. O intuito é ampliar a abrangência e a visibilidade desse tema para a região sul do Brasil, englobando todos aqueles que se encontram fora do eixo de São Paulo e Rio de Janeiro. Saiba mais em: www.ulbra.br/concursomodainclusivars.