Zoológicos garantem diversão e aprendizado nas férias

Junto aos aquários, os zoos recebem 30 milhões de visitantes por ano e garantem contato com fauna e flora de várias partes do mundo

Os zoológicos são uma boa opção para quem quer aproveitar as férias de julho com as crianças. Junto aos aquários, os espaços garantem contato com a fauna e flora de diversos cantos do mundo, além de diversão e aprendizado.

No Brasil, são 84 zoológicos que reúnem grande diversidade de espécies de animais e atraem cerca de 30 milhões de visitantes por ano, de acordo com a Sociedade de Zoológicos e Aquários do Brasil (SZB).

Além de oferecer entretenimento para crianças e adultos, os espaços também promovem a preservação de espécies ameaçadas. Biólogos ainda podem estudar esses animais e sua relação com o ecossistema.

Confira alguns dos principais zoológicos pelo País:

Parque Zoológico de Sapucaia do Sul – RS

O Parque Zoológico situa-se no município de Sapucaia do Sul, região Metropolitana de Porto Alegre. É formado por uma área total de 780 hectares, sendo 620 pertencentes a área da Reserva Florestal Pe. Balduíno Rambo e 160 hectares pelo Zoológico propriamente dito. Abriga cerca de 130 espécies dentre aves, répteis e mamíferos que formam um plantel com mais de mil animais nativos e exóticos. O Parque Zoológico mantém e possibilita a reprodução de animais, inclusive espécies ameaçadas de extinção, demonstrando importância científica, realiza difusão cultural e possui área de recreação e lazer para adultos e crianças.

Mangal das Garças – Paraná

Foto: Mangal das Garças

O zoológico de Mangal das Garças reúne flamingos, borboletas e garças, que são as maiores atrações do espaço, além de aves em geral. Tradição e aventura se misturam durante a visita, pois o turista fica próximo de aves no Viveiro das Aningas e conhece a história da região no Memorial Amazônico da Navegação. Na programação, também estão inclusos teatro e educação ambiental.

Parque Zoobotânico Arruda Câmara – Paraíba 

bica
Foto: Zoo de João Pessoa

O  parque é popularmente conhecido a Bica. Com 92 espécies e mais de 500 animais, o local é um ambiente de proteção da fauna e flora e de contemplação.

O espaço conta com playgrounds, pedalinhos, quadriciclos e passeio de trenzinho para as crianças. Educação ambiental também faz parte do passeio, e os turistas têm acesso à Oca, ao Centro de Estudos e Práticas Ambientais e ao Museu de História Natural para aprender sobre sustentabilidade.

 Zoo de Brasília – Distrito Federal                                                                                     

zoo_df
Foto: Agência Brasil

O zoológico de Brasília foi inaugurado em 1957, antes mesmo da fundação da capital, e conta com 826 animais e 185 espécies de aves, répteis e mamíferos, alguns deles nativos do cerrado.

A particularidade do local é manter 12 hectares destinados à produção dos alimentos dos bichos. Além dos animais, o zoo tem Museu de Ciências Naturais, Borboletário, área para camping, playground e lagos artificiais que servem como lazer para visitantes e moradores da região.

Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte – Minas Gerais 

zoo_bh
Foto: Zoo de Belo Horizonte

O zoológico de Belo Horizonte abriga uma diversidade de fauna e flora com três mil animais dos cinco continentes e vegetação de diferentes ecossistemas. Por lá, é possível apreciar a floração e frutificação de ipês, quaresmeiras, flamboyants, espatódeas, guapuruvus. No zoo também está o Parque Ecológico da Pampulha, com 30 hectares de áreas verdes, onde os visitantes podem andar de bicicleta, praticar slackline e soltar pipa.

Zoo Pomerode – Santa Catarina 

pomerode

Foto: Zoo de Pomerode

O zoológico de Pomerode fica aberto todos os dias e foi fundando em 1932. Por lá, vivem aproximadamente 1.150 animais de 270 espécies, algumas delas em extinção.

O zoo desenvolve trabalhos de reprodução de animais como a jacutinga, o papagaio-charão, ararajuba, papagaio-do-peito-roxo e o gato-maracajá. O visitante também tem acesso ao cinema 7D, pode tirar fotos personalizadas e comprar lembrancinhas nas lojas de souvenirs.