Cursos dominam programação do 9º Festival de Inverno nesta terça

Alguns dos principais eventos literários do 9º Festival de Inverno terão início nesta terça-feira, 25, e seguirão pelos dias seguintes, em diferentes espaços do Centro Municipal de Cultura, Arte e Lazer Lupicínio Rodrigues (CMC) – veja detalhes sobre preços, locais e horários na programação abaixo.
Pela manhã, às 9h, o jornalista e escritor Jerônimo Teixeira apresenta a palestra Drummond Cordial, tema de sua premiada dissertação de mestrado em Teoria Literária. Na sequência, às 10h30, o professor argentino Martín Kohan dá início ao curso Breve História da Eternidade, abordando aspectos temáticos e estéticos do conjunto da obra de Jorge Luis Borges. O ciclo segue até sexta-feira, 28.
Durante a tarde, outros quatro cursos se iniciam. Um é A Nova Era de Ouro da TV Americana, a cargo da jornalista Isabela Boscov, crítica de cinema da revista Veja, abordando o novo contexto de séries televisivas dos Estados Unidos. Outro é O Romance do Século XX, em que os professores Karina Lucena e Sergius Gonzaga tratam da obra do colombiano Gabriel García Márquez. O terceiro é a série Escrita de Mulher, com participação das professoras e escritoras Regina Zilberman, Márcia Ivana e Jane Tutikian. Às 16h30, o secretário adjunto de Cultura, Eduardo Wolf, mestre em Filosofia, dá início ao curso As Ideias de Nosso Tempo – Conservadorismo, Liberalismo e Progressismo.
À noite, o poeta, professor e crítico argentino Ariel Schettini faz a primeira sessão do curso sobre escritores argentinos, no qual aborda aspectos da poesia latino-americana. O historiador Voltaire Schilling também está na agenda, com a primeira das três sessões do curso Revolução Soviética e Stalinismo, no contexto do centenário da Revolução Russa. Outra atividade é a segunda parte do curso Escritores Gaúchos em Ação, com os relatos dos autores Reginaldo Pujol Filho e Cristiano Baldi.
A agenda do dia termina na Cinemateca Capitólio Petrobras, às 20h, com sessão do filme Invasão (1969, 120 minutos), de Hugo Santiago, escrito em parceria pelo diretor e por Jorge Luis Borges, abrindo o ciclo de cinema dedicado ao autor argentino.