Thiaguinho, para tirar o pé do chão

Foto: Charles Dias

Em mais uma noite de atrações na São Leopoldo Fest 2017, o samba e o pagode dominaram o palco principal, com a alegria e animação do cantor e compositor Thiaguinho que, do início ao fim do show, não deixou o público, ficar parado. “Tira o pé do chão” e “Vamos lá São Leo”, foram palavras atendidas pela plateia envolvida pelos antigos e novos sucessos do cantor e de conhecidos grupos de pagode brasileiro, como Raça Negra e Exaltasamba, seu grupo de origem. Entre sambas e pagodes conhecidos de outras épocas, Thiaguinho cantou clássicos da música gaúcha e revelou : “Ah, eu sou gaúcho”, por diversas vezes. ‘’Ele é perfeito, um grande cara’’, disse Renato Pires, 47 anos, que veio de Guaíba pra assistir ao show. Antes de subir ao palco, Thiaguinho atendeu fãs e a imprensa no camarim. Sobre o que sente na hora do show, quando pede para o público cantar sozinho, ele respondeu: “é difícil, muito difícil explicar, mas é uma sensação maravilhosa’’, disse.

Junto ao palco, horas antes do principal show da noite, do sambista Thiaguinho, as “Gurias do Thi”, fã clube do cantor, aguardavam ansiosas para o segundo reencontro do dia com o ídolo. Elas recepcionaram o cantor no aeroporto na tarde desta segunda-feira. “Aonde ele vai, a gente dá um jeito de ir’’, disse Luana Barbosa Alves, 22 anos, de Porto Alegre, presidente do grupo. Karolayne Vilela, 18, também de Porto Alegre; Caroline Peres, 23, de Viamão; Vanessa Coelho, 26, de Canoas e Cibeli Rodrigues, 24, de Porto Alegre não perdem tempo quando o assunto é Thiaguinho. “Já fomos para Florianópolis, Rio de Janeiro e para qualquer lugar que a gente conseguir ir. Ele já nos conhece, sempre nos recebe’’, contou Karolayne.