Ospa recebe oboísta francês em concerto gratuito na Igreja da Reconciliação

Timothée Oudinot se apresenta com a orquestra no dia 1º de agosto, terça-feira, às 20h30. Sob a batuta do maestro Marcos Sadao Shirakawa, regente da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, a Ospa executa repertório especial de sopros e percussão.

No dia 1º de agosto, terça-feira, a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre realiza um concerto especial dedicado ao repertório para sopros e percussão. Dois convidados que nunca haviam se apresentado com a sinfônica foram convocados para a exibição: o oboísta francês Timothée Oudinot e o maestro brasileiro Marcos Sadao Shirakawa. Timothée é o solista da noite. Sob a batuta de Shirakawa, diretor artístico e regente titular da Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, os músicos interpretam obras de compositores modernos e contemporâneos como Henri Tomasi, Alexandre Travassos, Osvaldo Lacerda e Frigyes Hidas. É às 20h30, na Igreja da Reconciliação (Rua Sr. dos Passos, 202), com entrada franca.

“Rapsodia Sefaradi”, do compositor brasileiro Alexandre Travassos (1970*), que homenageia os judeus espanhóis que migraram para o Brasil, abre o programa. Frequentemente convidado a tocar com a Orquestra da Ópera Nacional de Paris, o oboísta Timothée Oudinot faz os solos da obra seguinte, o “Concerto nº 2 para Oboé”,do compositor húngaro Frigyes Hidas (1928-2007). Timothée é professor no Conservatório de Influência Intercomunal de Chatenay-Malabry. Na sequência, a sinfônica executa “Fanfarras Litúrgicas”, do francês Henri Tomasi (1901- 1971). Por fim, a “Suíte Guanabara”, escrita por Osvaldo Lacerda (1927-2011), um dos maiores compositores brasileiros do século XX, ganha destaque encerrando o repertório.

Marcos Sadao Shirakawa estudou regência com o maestro Carlos Moreno. Já esteve à frente de orquestras em grandes festivais do Brasil e do mundo. Também atuou como assistente de orquestras nacionais como a Banda Sinfônica Jovem do Estado de São Paulo. Neste ano, é regente convidado da UNC Charlotte Wind Ensemble (EUA).

Este concerto integra a Série Igrejas da Ospa e conta com o apoio da Aliança Francesa de Porto Alegre.