FIERGS comemora 80 anos

A semana começa com comemoração na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (FIERGS). A entidade, fundada em 1937, completa 80 anos nesta segunda-feira (14). São oito décadas fazendo parte da história do processo de industrialização gaúcho e de uma trajetória de transparência na missão de liderar e desenvolver o setor fabril.

Naquele ano, a FIERGS abriu suas portas representando 21 sindicatos setoriais filiados, sob a liderança do empresário Carlos Tannhauser. Trabalha filiada à Confederação Nacional da Indústria (CNI) desde que a mesma foi criada, em 12 de agosto de 1938. Desde então, está em contínuo planejamento estratégico para buscar as melhores soluções com vistas ao avanço dos industriais do Rio Grande do Sul. “O empresário tem que ser visto como alguém que colabora muito com a sociedade ao montar um negócio, ao gerar emprego e recolher impostos”, destaca o presidente da FIERGS, Gilberto Porcello Petry.

A criação e os primeiros passos da entidade foram amparados na vocação empreendedora, ideal igualitário e visão associativa. Por conta disso, a FIERGS acumula uma série de lutas e conquistas. Seu histórico no enfrentamento dos problemas reais e profissionalização da indústria gaúcha são amplos. Atualmente, atua para corresponder às necessidades de desenvolvimento de 114 sindicatos, que reúnem 52 mil fábricas em atividade, e que empregam 901 mil trabalhadores.

A entidade compõe com o Centro das Indústrias do Rio Grande do Sul (CIERGS) o Sistema Indústria do Estado, formado também pelo Serviço Social da Indústria (Sesi-RS), o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai-RS) e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL-RS).