RS

Reunião-almoço sobre Hospital Centenário ACIST SL

Empresários que compõem a diretoria da Associação Comercial, Industrial, de Serviços e Tecnologia (ACIST) de São Leopoldo, receberam na reunião-almoço desta segunda, dia 11 de setembro, o prefeito Ary Vanazzi e o presidente da Fundação Hospital Centenário (HC), Nelson Piovesan. Eles foram informados sobre a situação financeira do HC, bem como das medidas que estão sendo tomadas pela administração para tentar salvar o hospital leopoldense.

Vanazzi falou da grave crise financeira por que passa a Fundação e por consequência, o Município, que é quem arca com a folha de pagamento e faz os repasses mensais para cobrir o déficit do HC, que chega a R$ 6 milhões/mês. “Recebemos do governo do Estado apenas 235 mil reais, para atender a mais de um milhão de pessoas, se não recebermos mais recursos, vamos diminuir o tamanho do hospital e atender apenas a nossa população”, disse o prefeito. O presidente da Fundação, Nelson Piovesan, apresentou um quadro detalhado sobre o funcionamento e o quadro de servidores, número de leitos e faturamento do Centenário, deixando os empresários presentes a par da situação dramática do HC.

O prefeito também passou informações sobre todas as medidas e ações que estão sendo organizadas. Nesta terça-feira, 12, haverá uma reunião na Casa Civil do governo do Estado, para que seja levado, oficialmente, ao governador José Ivo Sartori, o pedido de mais repasse, urgente, ao Centenário. “Precisamos de no mínimo 4 milhões de aporte por mês. Assim, a Prefeitura vai poder arcar com os custos mínimos de cuidado com a cidade, como recolhimento de lixo, limpeza e algumas obras estruturais.”

Tags

Artigos relacionados

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios