D’Alessandro faz dois gols e Inter vence o Santa Cruz-PE

D’Alessandro em tarde perfeita: meia vibra com o segundo gol sobre o Santa Cruz

O Internacional venceu de novo no Campeonato Brasileiro da Série B! Desta vez, bateu o Santa Cruz-PE por 2 a 0 na tarde deste sábado (30/9), no Beira-Rio, pela 27ª rodada, e isolou-se ainda mais na liderança, agora com 54 pontos. D’Alessandro marcou os dois gols da décima vitória alcançada nos últimos onze jogos no campeonato. No Gigante, foi a oitava vitória consecutiva. O Colorado volta a campo na terça-feira (3/10), às 20h30, para enfrentar o Paraná na Arena da Baixada.

Mudanças na equipe

Sem Uendel, suspenso, e Ernando, com dores nas costas, o Inter teve mudanças na escalação. Danilo Silva atuou ao lado de Víctor Cuesta na zaga e Carlinhos assumiu a titularidade na lateral esquerda. O restante do time foi o mesmo que havia vencido o América-MG: Danilo Fernandes; Alemão, Danilo Silva, Víctor Cuesta e Carlinhos; Rodrigo Dourado, Edenilson, D’Alessandro e Eduardo Sasha; William Pottker e Leandrio Damião.

Pressão e gol de pênalti

O Inter adotou uma postura ofensiva desde os primeiros movimentos da partida e fez valer a sua superioridade técnica. Explorando, principalmente, os avanços pelos lados do campo, o time colorado sufocou o Santa Cruz-PE no seu campo de defesa. A 1min30seg, Leandro Damião lutou pela bola na entrada da área e chutou para a defesa providencial de Júlio César. Aos 8min, Danilo Silva fez excelente lançamento para William Pottker, que invadiu a área e só não passou pelo zagueiro Guilherme porque ele deu um carrinho e acabou colocando a mão na bola. Pênalti! D’Alessandro cobrou com a categoria habitual e converteu. 1 a 0!

D’Alessandro comemora o gol marcado no início da partida

Inter no controle

A primeira finalização da equipe pernambucana ocorreu somente aos 33min, em chute de André Luís que passou próximo à trave esquerda. O Inter, por sua vez, levava perigo quano chegava à frente. Aos 35min, Pottker cruzou da direita e Damião concluiu de primeira, sobre o travessão. Aos 39min, Damião tabelou com Edenilson e só não ficou livre para marcar o segundo gol porque o goleiro saiu bem e fez o corte. Aos 42min, Eduardo Sasha chutou cruzado, de primeira, e a bola saiu à esquerda do gol. No minuto seguinte, mais uma chance clara: Pottker entrou livre de marcação na área e chutou para a defesa de Júlio César, com o pé.

O segundo tempo começou com o Colorado ameaçando no ataque. Logo aos 3min, Pottker desviou de cabeça e a bola raspou o travessão. Aos 13min, o atacante fez nova investida: passou de viagem pelo marcador, entrou na área pelo lado direito e chutou para a defesa salvadora de Júlio César.

D’Ale marca mais um

Aos 25min, Camilo, que momentos antes havia entrado no lugar de Eduardo Sasha, chutou cruzado e acertou o poste. Em seguida, Camilo fez outra boa jogada e tocou a bola para D’Alessandro – o capitão deu um drible curto no zagueiro e chutou, de pé direito, para colocar a bola no cantinho esquerdo. Foi o seu 84º em 382 jogos com a camisa colorada! Na temporada, são oito gols e 15 assistências.

O Inter não diminuiu a intensidade. Aos 30min, Camilo cobrou escanteio e Rodrigo Dourado desviou de cabeça para a defesa de Júlio César. Aos 35min, um susto: Ricardo Bueno chutou de longe e Danilo Fernandes fez a defesa parcial. No rebote, André Luís e Bueno tentaram, mas o goleiro colorado não deixou que a bola entrasse. Nada mais mudava a história da 16ª vitória colorada neste Brasileirão!

Ficha técnica:

  • Internacional (2): Danilo Fernandes; Alemão, Danilo Silva, Víctor Cuesta e Carlinhos (Iago); Rodrigo Dourado, Edenilson, D’Alessandro (Felipe Gutiérrez) e Eduardo Sasha (Camilo); William Pottker e Leandrio Damião. Técnico: Guto Ferreira.
  • Santa Cruz-PE (0): Júlio César; Nininho, Guilherme, Salles e Yuri, Wellington Cézar, Thiago Primão, João Paulo e André Luís; Bruno Paulo (Ricardo Bueno) e Grafite (Natan). Técnico: Marcelo Martelotte.
  • Gols: D’Alessandro, aos 9min do primeiro tempo (de pênalti) e aos 25min do segundo tempo.
  • Cartões amarelos: Alemão, Carlinhos, William Pottker, Rodrigo Dourado, Víctor Cuesta (I); Guilherme (S).

Total Público: 27.479.
Pagantes: 23.419.
Menores: 2.287.
Não pagantes: 1.773.
Renda: R$ 558.273,00.

Arbitragem: Alisson Sidnei Furtado, auxiliado por Fabio Pereira e Cipriano da Silva Sousa (trio do Tocantins).

Local: Beira-Rio.

Fotos: Ricardo Duarte