Deputado Sossella acompanha visita técnica nas obras da BR-285

NO ‘TELHADO DO RIO GRANDE’: a frente parlamentar gaúcha acompanha as obras da BR-285, na Serra da Rocinha, para vencer os 1.250 metros de altitude acima do nível do mar, que separam gaúchos e catarinenses

Em São José dos Ausentes, próximo à Serra da Rocinha, o deputado estadual Gilmar Sossella (PDT) participou nesta sexta-feira (29) da visita técnica da Frente Parlamentar da Assembleia Legislativa em apoio à conclusão das obras da BR-285.

Para a finalização do trecho no Rio Grande do Sul restam apenas 8,3 km para serem asfaltados, além da ponte sobre o Rio das Antas. Na próxima semana, Sossella acompanhará uma comitiva em Brasília, para reunião com a Bancada Federal Gaúcha, em busca de uma emenda parlamentar no valor de R$ 76 milhões para garantir o término da obra no Estado.

“Temos acompanhado esta luta e sabemos da relevância desta demanda para o nosso Rio Grande e para a comunidade da região. É importante destacar que na parte catarinense da rodovia, onde faltam 22 km a serem pavimentados, os trabalhos de asfaltamento encontram-se a pleno vapor e com previsão de serem concluídos no próximo ano”, enfatizou Sossella.

Estiveram presentes também na visita técnica o coordenador da Frente Parlamentar, deputado Catarina Paladini (PSB), além do deputado Tiago Simon (PMDB), o deputado federal José Stedile (PSB), prefeito de São José dos Ausentes, Ernesto Boeira (PT), o superintendente do Dnit no RS, Hiratan Pinheiro, vereadores, empresários e demais lideranças.

Um estudo realizado por associações e sindicatos empresariais da região envolvida identificaram 16 segmentos econômicos que são impactados sem a conclusão da BR-285, em um total de mais de R$ 220 milhões por ano.

BR-285

A BR-285 é uma rodovia transversal que inicia em Araranguá (SC), atravessa a serra da Rocinha (SC), a serra e o planalto gaúchos, Com extensão de mais de 650 Km, passa por cidades como Bom Jesus, Vacaria, Lagoa Vermelha, Gentil, Passo Fundo, Carazinho, Ijuí, São Luiz Gonzaga e termina em São Borja, na fronteira com a Argentina. Apenas 4% do total da extensão da rodovia faltam ser concluídos, sendo oito quilômetros no território gaúcho (entre São José dos Ausentes e o limite territorial com o Estado vizinho) e 22 km em Santa Catarina (Serra da Rocinha até Araranguá).

As obras do percurso em Santa Catarina têm previsão de conclusão em 2018 ao contrário da extensão gaúcha, paralisada desde 2010. Além da pavimentação, faltam uma ponte (sobre o Rio das Antas) e dois viadutos para a passagem subterrânea da fauna no trecho. A BR-285 é uma das rodovias mais transitadas da região, principalmente por caminhões que transladam mercadorias e por turistas dos países do Mercosul.