São Leopoldo apresenta projetos cadastrados junto ao Ministério das Cidades

Os projetos de infraestrutura e saneamento, cadastrados pela Prefeitura de São Leopoldo junto ao Ministério das Cidades para captação de recursos, foram apresentados em reunião do Grupo de Trabalho de Regularização Fundiária da Região Nordeste, coordenado pela Secretaria Municipal de Habitação (Semhab), na terça-feira, 26 de setembro.

Para o titular da Semhab, Nelson Spolaor, este é um importante passo apresentar um projeto bem estruturado e em consonância com as diretrizes da política habitacional do país. “A diminuição de verbas por parte do Governo Federal não nos exime de buscar uma solução para nossas demandas. Agora precisamos aguardar o processo de seleção das propostas pela União e esperamos que o Governo Federal tenha a sensibilidade necessária para entender a importância dessas obras para a cidade”, afirmou Spolaor.

O secretário adjunto de Gestão e Governo, João Henrique Dias, apresentou os projetos e destacou que a canalização da vala de drenagem do arroio Gauchinho, no trecho entre a avenida Mauá e a rua Simões Lopes, são prioritárias para a região e envolveriam investimentos superiores a R$ 15 milhões em investimentos.

De acordo com o diretor-geral do Serviço Municipal de Água e Esgotos (Semae), Nestor Schwertner, a autarquia está tratando estuda a criação de uma tarifa social. “O Semae está discutindo, junto com o prefeito Ary Vanazzi, um decreto para instituir a tarifa social aos consumidores que se enquadrarem nos critérios e também de reparcelamento das dívidas anteriores”, esclareceu.

O diretor de Regularização Fundiária, Silvio Gaier, apresentou o estudo para um novo plano de comercialização de áreas no loteamento Vila Brás II. Na reunião, também foram repassadas orientações técnicas sobre o processo de regularização das Cooperativas Habitacionais Bom Fim, Progresso e Coohaap.

Além de representantes da comunidade; das cooperativas habitacionais e das Associações de Moradores, o Grupo de Trabalho conta com a participação das secretarias Municipais de Obras Viárias (Semov); Segurança e Defesa Comunitária (Sesdec); Gestão Governo (SEGG); Meio Ambiente (Semmam); Procuradoria-Geral do Município (PGM) e Semae. A próxima reunião ordinária acontece em 24 de outubro.

Fotos: Valentin Thomaz