Centenário cobra na justiça recursos não repassados pelo Estado

O Hospital Centenário recorreu à Justiça para cobrar recursos de dois meses de repasses não efetuados pelo Governo do Estado pelos serviços prestados pela instituição. Além de requerer o  pagamento dos meses de setembro e outubro em 48 horas, a ação ajuizada pela Procuradoria do Hospital na 5ª Vara Cível de São Leopoldo  pede o repasse em dia das parcelas vincendas, já que a transferência de recursos, que deve ocorrer até o último dia útil de cada mês, tem sido efetuada com atrasos periódicos.
Os atrasos vêm ocorrendo desde maio deste ano e aprofundam a crise financeira da instituição, que possui custo mensal de R$ 9 milhões, é referência para uma população de  um milhão e meio de pessoas da região,  e recebe como contrapartida do Estado apenas R$ 235.773,76, obrigando o município a custear a maior parte das despesas.