Secretário De Segurança e Defesa Comunitária participa de evento da AMVRS

O Secretário de Segurança e Defesa Comunitária de São Leopoldo, Carlos Sant’Ana

Durante a manhã de terça-feira, 28 de novembro, o Secretário de Segurança e Defesa Comunitária (Sesdec), Carlos Sant’Ana, foi painelista do seminário “O Protagonismo dos Municípios na Segurança Pública”. O evento aconteceu em Novo Hamburgo, e foi promovido pela Associação dos Municípios do Vale do Rio do Sinos (AMVRS) e pelo Consórcio Público da Associação dos Municípios do Vale do Rio dos Sinos (CPSinos).

Sant’Ana falou sobre a política Pública Municipal de Segurança, destacando a importância da educação e a permanência de jovens na escola. Esta ação, com base no estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), revela que a cada um 1% dos jovens dentro da escola pode ter uma redução de 2% no número de homicídios. “O grande corte é na quinta série, que está dentro do ensino fundamental, dentro da responsabilidade do município. Essas ações são importantíssimas, inovadoras e são adequadas, mas nós temos que investir naquilo que é, não só a vocação, mas, legalmente, que é a capacidade de investimento do Município que é saúde e educação”, iniciou Sant’Ana.

O titular da Sesdec prosseguiu contextualizando a criação do Fundo Nacional de Segurança Pública, em 2000, momento em que o envolvimento dos municípios em políticas públicas de segurança iniciou. Logo após, há a publicação “Segurança Pública para o Brasil”, que evidencia o genocídio contra a juventude e, a partir a criação do Plano Nacional de Segurança Pública, focando nas atividades das Guardas Civis Municipais. Sant’Ana ainda enfatizou a importância da implantação do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) e o reflexo positivo. “Neste processo, conseguimos romper com duas grandes dicotomias: a primeira é que a segurança pública é igual à polícia. A segunda é conciliação de ações policiais com ações sociais. Agora, sabe-se que a verdadeira receita é a articulação, não só das instituições, mas módulos de enfrentamento da violência do ponto de vista social e policial”, complementou. “Se nós lidarmos com saúde e educação neste nível, conscientizando as pessoas que a evasão escolar tem relação direta com o número de mortes, nós construiremos, sem dúvida nenhuma, uma sociedade mais humana, solidária e menos violenta, principalmente, na Região Metropolitana e do Vale do Rio dos Sinos”, concluiu o Secretário.

Também participaram do evento a Presidente da AMVRS, Corinha Molling, o comandante do CRPO/VRS, o Coronel Álvaro Medeiros, o Delegado Regional da Polícia Civil, Rosalino Seara; Tenente Coronel Adenir Brito, Chefe da divisão de Tecnologia e Comunicação (DTIC) da Secretaria Estadual de Segurança Pública; o secretário de Segurança Pública do Município de Canoas, Ranolfo Viera; secretário de Segurança de Pelotas, Aldo Bruno Ferreira; Secretário de segurança de Novo Hamburgo, General Roberto Jungthon, e o guarda Civil Municipal apresentando os dados do Observatório do Município, Lauro Rosa Pereira; o consultor de Segurança da AMVRS, Alberto Kopittke; e Cristina Villanova do Instituto Cidade Segura.

Foto: Andressa Lima