Projeto VerdeSinos finaliza o ano om planejamento e trabalho

O Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos – COMITESINOS realizou nesta quarta-feira, 06, o encerramento das atividades do ano, do Projeto VerdeSinos, no Centro Ambiental de Campo Bom. Com a participação de 15 municípios da Bacia do Rio dos Sinos, que fazem parte do Processo Gerencial de Efetivação do Plano de Bacia (PROGEFE), as atividades começaram pela manhã e se estenderam durante o dia.

A secretária executiva do COMITESINOS, Viviane Nabinger, agradeceu a participação ativa dos municípios e da comunidade, que torna o Comitesinos referência em gestão de bacia no País e faz com que, em 30 anos de história, seja fonte de pesquisa e de mudanças. “Sou do tempo em que, por exemplo, Campo Bom não tinha nada, não tinha ações pela educação ambiental. Isso não é uma crítica ao passado, mas era o que tinha. Não tínhamos a noção sobre a importância da educação ambiental. São as crenças das pessoas e evolução de todo material que temos, que fazem o COMITESINOS ser o que é desde 1988, quando nossa primeira atividade foi voltada a educação ambiental e capacitação de professores”, afirma Viviane.

O encontro teve a apresentação dos resultados do processo de planejamento, com qualificação teórico e prática de utilização do diagnóstico, primeiro instrumento do caderno de campo, que será composto ainda por plano de manejo e ferramenta de monitoramento e será executado em 2018. Técnicos da EMATER-ASCAR/RS e dos municípios parceiros em campo, testaram o instrumento feito pelo biólogo Fernando Soares, da prefeitura de Três Coroas e pelo técnico da EMATER de Sapiranga, Mateus Mello. Os agentes também puderam assistir à apresentação do trabalho premiado do Projeto Dourado “Áreas úmidas ou banhados, um ecossistema ameaçado” e a pesquisa “Fontes de contaminação fecal da água na Bacia Hidrográfica do Rio dos Sinos” com o professor Doutor Fernando Spilki, da Feevale.

Para que servirá o questionário?

O instrumento de diagnóstico, apresentado nesta quarta-feira, levantará dados fundamentais das propriedades rurais parceiras em 2018. A partir dos resultados serão planejadas intervenções que visam contribuir com o saneamento rural, como cisternas, composteiras, esterqueiras, mata ciliar, proteção de nascentes e, principalmente, fomentar melhorias de qualidade e disponibilidade de água. Serão 37 novas áreas no VerdeSinos a partir de 2018.

Link do vídeo: https://youtu.be/62uRQFGIXYs