DestaqueModa & Beleza

Biquínis, maiôs e sungas merecem cuidados especiais

Durante a estação mais quente do ano, os biquínis, maiôs e as sungas saem do guarda-roupa e são utilizados com mais frequência, tanto na praia quanto na piscina. Mas, quem nunca passou pela situação de pegar a roupa de praia e, ao tentar vestir, viu que a peça esgarçou e perdeu a elasticidade? Para mantê-las com aspecto novo e bonito, além de poder desfrutar de tais itens por mais tempo, a especialista em cuidados têxteis da 5àsec, Marinês Cassiano, dá algumas dicas importantes.

Segundo ela, biquínis, maiôs e sungas merecem cuidados especiais, pois são peças que se desgastam com maior facilidade, por conta da maresia, do protetor solar e também de produtos químicos utilizados no tratamento de piscina, como o cloro. “O essencial é lavar o vestuário de moda praia logo após o uso, pois estamos falando de peças delicadas produzidas, em sua grande maioria, com elastano que garante elasticidade e mais resistência. Depois que voltar da praia ou da piscina, recomendados que lave tais peças manualmente, em água fria e com sabão neutro. Em seguida, esprema delicadamente, sem torcer, e coloque no varal para secar a sombra. É importante não guarda-las úmidas, pois isso pode promover a proliferação de fungos e bactérias, além de estragar o tecido”, revela.

Marinês recomenda que este tipo de vestuário não seja submetido à secagem em máquina e ao ferro de passar. Ela aconselha, também, cuidado na hora de aplicar protetores solar ou bronzeadores, que podem manchar as peças. Biquínis, sungas e maiôs na cor branca, por exemplo, podem ficar amarelados. Isso acontece por conta da exposição à luz e também pelo uso indevido de amaciante. Ao final do Verão, é importante que a peça seja armazenada de maneira correta, fator este que também contribui de forma efetiva para a vida útil do tecido. “O ideal é guardar itens de moda praia em sacos de TNT ou, simplesmente, dobrar a peça e coloca-la na gaveta sem proteção. No caso de biquínis com enchimento, recomendamos que a parte que contém a espuma não seja virada ao contrário, p ois isso pode deformar a estrutura e o formato. Sendo assim, aconselhamos encaixar esta parte uma na outra”, finaliza.

Tags

Artigos relacionados

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios