Extra

Mais participação política para a Juventude em São Leopoldo

A prefeita em exercício de São Leopoldo, Paulete Souto, apresentou nesta sexta-feira, 5 de janeiro, a proposta de criar o Parlamento Jovem no município. O projeto de lei encaminhado tem o objetivo de oportunizar aos jovens a interação com a vida política. A proposta, coordenada pelo Gabinete da vice-prefeita em parceria com a Secretaria de Integração Social – Direitos Humanos, foi apresentada na sala de reuniões do gabinete do prefeito. Na ocasião também foi assinada a Lei 8.739/2018 que institui o Conselho Municipal das Juventudes.

“No Parlamento Jovem, o protagonismo é da juventude. Ao delegarmos um projeto desta magnitude, estamos dizendo que os jovens tem capacidade de ditar os rumos da nossa comunidade”, disse Paulete durante o ato. O assessor da prefeita, Almiro Rodrigo, um dos idealizadores do projeto, explica que várias cidades do Brasil têm feito projetos parecidos de educação cidadã.

Participaram da solenidade os secretários Oneide Bobsin (Educação), Hélio Teixeira (Integração Social – Direitos Humanos) e o presidente do Conselho da Juventude , Daniel Fagundes.

Parlamento Jovem

O projeto prevê que periodicamente 13 vereadores jovens sejam eleitos, com respectivos suplentes, em pleitos realizados em nível municipal, podendo ser indicados pelas comunidades escolares e associativas da sociedade civil. Os jovem participam, durante um ano, de sessões, debates e decisões seguindo orientações semelhantes ao processo legislativo oficial. Poderão participar da seleção escolas que tiverem alunos do 8º e 9º ano do Ensino Fundamental e os de Ensino Médio e as Entidades com jovens de 15 a 25 anos.

Tags

Artigos relacionados

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios