Dicas para não ter problemas com a casa de madeira na praia

Nada pior do que chegar em sua casa da praia e encontrá-la com diversos danos por conta dos desgastes que a maresia causa na madeira. Pensando em ajudar a evitar que você se incomode nas férias, a Scrock Pisos de Madeira separou dicas primordiais para você seguir e nunca mais ter problemas com a conservação e situação da sua casa de praia. Vamos lá?

1. Cuidados iniciais

Antes mesmo de construir, devemos pensar que, ao adquirir qualquer tipo de produto relacionado a madeira, devemos saber sua durabilidade e origem. Porém, com a madeira de finalidade para um empreendimento litorâneo, independente da sua utilização, seja para decoração, fundação, construção ou apenas caibros para sustentação, é de extrema importância ter a qualidade de origem certificada, para evitar futuros reparos ou até mesmo substituições antecipadas. Ressaltamos que a madeira para construção, independendo do local, precisa ter certificação de origem comprovada, porém na praia a mesma sofre mais danos em sua estrutura com as interferências climáticas e necessita qualidade. Além disso, a certificação ode origem nos auxilia a não comprar madeiras ilegais e/ou de desmatamento.

2. Tratamentos para madeira

Existem diversos tipos de tratamentos com produtos especiais para manter a qualidade e durabilidade da madeira, que levam em consideração a sua exposição às condições climáticas e de atmosfera, como produtos à base de Stain para manutenção anual em sua madeira. Muitas pessoas acreditam que a aplicação do verniz pode ajudar a proteger a madeira, porém há um engano já que o verniz costuma ter a durabilidade afetada quando exposto ao sol, chuva e maresia. Já produtos à base de Stain possuem uma efetividade maior, já que o produto impregna nos poros abertos da madeira e penetra a alguns milímetros do material, fazendo o selamento do mesmo.

3. Madeiras indicadas

Além do tratamento e procedência, é importante contar com tipos de madeira recomendados para uso em construções litorâneas. Os tipos mais indicados são: cumaru e ipê. A madeira cumaru é uma espécie nobre encontrada em toda a Amazônia. Essa madeira possui dureza e resistência, o que garante uma durabilidade superior a muitas outras espécies de madeira. Já a madeira ipê é utilizada para diversas aplicações, já que a mesma possui alta resistência a fungos e cupins, e também ótima resistência para ambientes exteriores e contra o apodrecimento.

4. Vantagens

A madeira é um material versátil e costuma ter um custo benefício maior do que as casas de alvenaria, além de o tempo de construção ser menor. Além disso, a madeira costuma ser um produto térmico e com características naturais, auxiliando também na decoração, já que você poderá ter um pedacinho da natureza em seu ambiente.