Usuários arriscam a própria segurança para uma vida online mais fácil

Pesquisa da Kaspersky Lab revela que muitas pessoas ficam em dúvida entre senhas fracas, mas fáceis de lembrar e senhas mais elaboradas e fáceis de serem esquecidas

Hoje em dia, entramos em contas on-line o tempo todo, para transferir dinheiro, fazer compras, conferir a previsão do tempo ou chamar um táxi para voltar para casa. Mas, e se, de repente, você não conseguir entrar em uma conta exatamente na hora em que precisa dela? E se você receber a terrível mensagem de ‘senha incorreta’? Você acaba não conseguindo voltar para casa ou sai no frio sem um casaco adequado? Às vezes, o problema é muito maior do que isso; uma pesquisa da Kaspersky Lab revelou o dilema que as pessoas enfrentam ao proteger suas contas on-line.

Em nosso dia a dia, nós dependemos cada vez mais das contas online, o que gera uma dificuldade crescente ao escolher nossas senhas. Algumas pessoas usam senhas fortes e diferentes para cada conta de maneira que seja impossível invadi-las ou explorá-las, mas correm o risco de esquecer as senhas durante o processo. Outras optam por senhas fáceis de lembrar para facilitar suas vidas, mas também a dos criminosos virtuais.

Primeira opção para esse dilema: senhas fortes difíceis de lembrar

Segundo a pesquisa da Kaspersky Lab, muitos consumidores entendem a necessidade de senhas fortes para suas contas. Quando perguntados sobre quais seriam as três contas online que precisavam de senhas mais fortes, 63% dos consumidores escolheram as contas de bancos online, 42% responderam de aplicativos de pagamento, incluindo carteiras eletrônicas, e 41% mencionaram as contas de lojas virtuais.
No entanto, com a dificuldade de lembrar todas essas senhas fortes, é possível que os usuários as esqueçam e percam o acesso a suas contas. Dois quintos (38%) das pessoas não conseguem recuperar rapidamente as senhas de suas contas on-line pessoais depois de perdê-las. Isso pode causar frustração ou tensão, caso não seja possível realizar suas atividades normais.

Em relação ao armazenamento de senhas, metade (51%) guarda as senhas de modo inseguro, e um quarto (23%) as escreve em um caderno para não precisar lembrar delas, o que também coloca sua segurança em risco.

Segunda opção para esse dilema: senhas fracas fáceis de decifrar

Em resposta ao dilema das senhas e para evitar a frustração de ter de lembrar senhas muito longas, algumas pessoas estão desenvolvendo outros hábitos inseguros. Por exemplo, 10% usam apenas uma senha para todas as contas, o que permite uma vida on-line sem problemas, pois não têm nenhum trabalho para lembrar como acessar seus recursos. Claro, não há problemas até que um criminoso virtual consiga essa única senha e possa entrar em todas as contas.

Na verdade, 17% dos consumidores que participaram da pesquisa da Kaspersky Lab sofreram uma tentativa ou tiveram uma conta on-line invadida nos últimos 12 meses. As contas mais visadas são as de e-mail (41%), seguidas de perto pelas mídias sociais (37%), contas bancárias (18%) e de lojas virtuais (18%).

A resposta ao dilema: afinal, existe uma terceira opção

De acordo com a Kaspersky Lab, os consumidores não precisam se limitar a essas duas alternativas para o dilema das senhas. Realmente, eles não precisam correr riscos, explica Andrei Mochola, chefe de negócios ao consumidor da Kaspersky Lab: “Se as pessoas usarem senhas fortes das quais conseguem lembrar, poderão acessar tudo de que precisam, quando precisam, e as informações mantidas em suas contas também estarão a salvo dos hackers. Isso é importante para os consumidores que desejam apenas realizar suas atividades em segurança, podendo, por exemplo, encontrar as informações de contato de alguém, lembrar o local de uma reunião específica, vencer seu jogo virtual favorito, verificar seus e-mails ou fazer uma compra quando quiserem, sem divulgar suas informações para hackers ou criminosos.”

“Mas não é fácil lembrar de senhas seguras, então os usuários vivem o dilema das senhas todos os dias e, muitas vezes, esquecem as senhas fortes ou acabam criando senhas fáceis de lembrar, mas também fáceis de decifrar. Porém, existe uma terceira opção, capaz de tranquilizar os consumidores: usando uma solução de gerenciamento de senhas, as pessoas podem ter senhas fortes sem precisar escrevê-las ou lembrar sequências complicadas com caracteres especiais”.

Para ajudar os consumidores a controlar suas dispersas identidades on-line, o Kaspersky Password Manager armazena todas as senhas do usuário em uma caixa-forte segura. Eles só precisam lembrar de uma senha mestra para acessar todas as contas, eliminando o pânico que se sente quando isso não é possível. Com uma conta My Kaspersky gratuita, os usuários podem acessar suas senhas em qualquer dispositivo, de qualquer lugar e a qualquer hora, mantendo suas contas e informações valiosas seguras e disponíveis apenas para o próprio usuário. O recurso de geração automática de senhas também ajuda a criar senhas fortes, facilitando a vida dos usuários e dificultando a dos hackers.