RS

Crianças participam de oficina na Casa de Cultura Mario Quintana

Férias de Verão com Píppi Meialonga1 - Crianças participam de oficina na Casa de Cultura Mario Quintana
Fotos: Darlene Silveira

Olhares curiosos, atentos. Rostos ora sérios, ora esbanjando risadas. Em um momento em pé, andando, correndo; em outro, sentadas, ouvindo e participando. Crianças de quatro a oito anos conheceram nesta quarta-feira (10) o mundo de Píppi Meialonga, personagem da escritora infantil sueca Astrid Lindgren, apresentado pela contadora de histórias da Biblioteca Lucília Minssen na Casa de Cultura Mario Quintana, Carmen Henke. A atividade Férias de Verão com Píppi Meialonga ocorre às quartas-feiras de janeiro e fevereiro, das 14h30 às 17h30. Agendamentos devem ser realizados pelo telefone (51) 3225.7089 ou através do e-mail atendimento.bibliotecalucilia@gmail.com.

Os pequenos também constroem a Vila Vilekula – atividade que consiste em criar com caixas de papelão, pintar, dançar, descontrair, imaginar, bater lata -, além de fazerem piquenique e bolhas de sabão gigantes e conhecerem o quarto do poeta Mario Quintana. “A diversão é garantida”, afirma Carmen.

Férias de Verão com Píppi Meialonga - Crianças participam de oficina na Casa de Cultura Mario QuintanaEla conta que a personagem Píppi Meialonga é uma menina de nove anos, forte, que não tem pai, nem mãe e mora sozinha, mas conta com a ajuda de seus companheiros, um cavalo e um macaquinho. “Destemida, ela tem sempre uma resposta na ponta da língua, inventa histórias e demonstra grande confiança em si mesma. Nada convencional e um tanto anárquica, causa espanto por realizar sonhos de liberdade e aventura. Seria como a Emília, do Sítio do Pica-pau Amarelo”, compara.

Sobre a escritora

“Eu quero escrever para leitores que realizem milagres. Crianças realizam milagres toda vez que leem”.

Astrid Lindgren (1907-2002) é considerada uma influente autora de literatura infantil sueca. O livro “Pippi Longstocking” (Píppi Meialonga), de 1945, já foi traduzido para mais de 60 línguas. A escritora ganhou prêmios como a medalha Hans Christian Andersen, considerada o Prêmio Nobel da literatura infantil. Após sua morte, o governo sueco estabeleceu o “Prêmio de Literatura em Memória de Astrid Lindgren”, uma honraria internacional que ocorre anualmente.

Tags

Artigos relacionados