Meta para 2018: faça que seus hábitos te favoreçam

Mais da metade das pessoas que fazem promessas no Ano Novo desistem dos planos em seis meses e apenas 8% alcançam a totalidade das metas. A pesquisa americana que apontou estes dados, publicada no Journal of Clinical Psychology, também mostrou que quem faz promessas está dez vezes mais propenso a mudar o comportamento em comparação a quem não se planeja de nenhuma forma. As frases de motivação, muito utilizadas no começo de ano, deixam o cenário de transformação mais esperançoso, mas o réveillon é só uma data e a qualquer momento é possível estabelecer um recomeço e na vida.

Fabiana Carvalho, especialista em treinamentos e sócia-fundadora da empresa Xpanding Mind, explica que entre a teoria de querer mudar e a prática existe uma diferença muita grande. “Primeiramente precisamos entender que não conseguimos fazer tudo como gostaríamos que fosse, porque o nosso cérebro age por associação. Não paramos para pensar antes de agir o tempo todo e somos influenciados por diversos fatores como, por exemplo, o meio em que vivemos. Toda vez que fazemos algo repetidamente, automatizamos atitudes e pensamentos e as coisas vão acontecendo de forma natural. Sendo assim, é fundamental buscar estímulos para pensar antes de agir e criar hábitos que trabalhem a favor de nossas metas”, esclarece. Para ajudar a alcançar os objetivos, Fabiana lista dez dicas que ajudam a não desanimar e tornar realidade tudo o que se almeja. Confira:

1 – Agradecer

O ato de agradecer possibilita identificar as coisas boas que estão passando na nossa vida, além de nos tornar mais merecedores por valorizar aquilo que se tem. O agradecimento também traz uma forma de consciência da atual fase que estamos passando e é importante valorizar até as coisas ruins, que nos servem como aprendizado. Alguém que só faz reclamações, dificilmente terá uma vida próspera.

2 – Se conhecer

Descobrir quais são as possibilidades que se tem, onde está, o que pode fazer de melhor neste momento e o que gostaria de mudar na sua vida é primordial para alcançar uma meta. À medida que você se conhece, consegue aproveitar melhor as suas fortalezas e qualidades e fica mais fácil eliminar as coisas que não quer. Para isso, escreva em um papel, ou onde preferir, suas qualidades e dificuldades. Outra dica é buscar os principais marcos de sucesso na sua trajetória e se inspirar nos momentos de superação e conquistas. Assim, você passa a se conhecer diante de diversas circunstâncias e é capaz de analisar e identificar seus talentos.

3 – Eliminar tudo que drena sua energia

Quando acumulamos muitas coisas em casa ou estamos próximos a companhias que não nos fazem bem, sem perceber focamos nossa atenção com aquilo que não deveríamos e acabamos nos acostumando até com o que nos faz mal. A dica neste caso é fazer uma limpeza na própria residência ou no escritório e jogar fora ou doar todas as coisas que trazem más recordações ou que já não são utilizadas há algum tempo, assim é possível renovar a energia do ambiente. Também é muito importante evitar pessoas tóxicas, priorizar amizades que agregam valores e ajudam a crescer, encerrar ciclos e diminuir distrações (coisas em que investimos tempo desnecessária, como internet, TV, bate-papo). Todos esses itens ocupam nosso pensamento e nos impedem de focar em coisas que realmente desejamos.

4 – Treinar a mente

Tudo o que é feito repetidamente se torna um hábito. Quem quer ter resultados diferentes não pode manter os mesmo costumes. Inicialmente é importante compreender que os pensamentos geram as palavras, que consequentemente se tornam atitudes. Então, o foco naquilo que se almeja é uma forma de treinar sua mente com informações positivas que o levarão à conquista da realidade desejada.

5 – Definir as metas

Pode parecer óbvio, mas não é. Muitas vezes não damos a devida importância a este quesito, mas quando sabemos o que queremos, as coisas se tornam muito mais fáceis. Escreva em um papel tudo o que deseja e se conecte com seus sonhos. Quando a gente sabe aonde quer chegar, é muito mais fácil aproveitar as oportunidades que aparecem em nosso caminho.

6 – Fazer um plano de ação

Sonhos sem data são apenas sonhos. Sonhos com datas se tornam metas. Defina o que será feito, como, quando (começo e fim), onde, com quem (com a companhia de mais alguém, o caminho é muito mais fácil) e quais os custos envolvidos.

7 – Estabelecer metas pequenas

Propor transformações enormes, difíceis de serem alcançadas, é o grande causador das frustrações. O primeiro passo deve ser dado devagar. Mesmo que seja pouco, o importante é começar. Com o tempo o cérebro passa a criar novas conexões neurais e, quando menos se der conta, você já está acostumado e pode começar a aumentar de forma gradativa, até atingir o objetivo maior.

8 – Buscar motivação

Para que suas metas não fiquem apenas no papel, busque razões para agir. Quais seus motivos para realizar tais objetivos? O que vai mudar na sua vida? Quem vai se beneficiar ou se orgulhar das suas conquistas? Procure referências que possam te inspirar (pessoas, informações, casos parecidos com o seu). Também é válido buscar parceiros que te impulsionam, amigos, profissionais , ajuda espiritual/religiosa, cursos, etc. Ter apoio e inspiração tornam tudo mais fácil.

9 – Respeitar seu tempo

Não se culpe quando algo não correr como o programado. Respeite o seu desenvolvimento. Não importa que leve mais tempo do que o esperado ou que você cometa falhas. Muitas pessoas que entraram para historia do sucesso tentaram diversas vezes até acertar. O que vai te levar à realização plena é estar em movimento constante e ser resiliente para recomeçar quando necessário.

10 – Ser flexível e fluir com a vida

Muitas vezes planejamos algo, mas a vida nos leva a outros caminhos. Desenvolva sua inteligência emocional para aproveitar diferentes oportunidades e mudar ou readaptar os planos, se necessário. Estar em harmonia é ainda mais importante do que estar em equilíbrio. Seja flexível, adapte-se e saiba fluir com a vida.

É importante ressaltar que definir o que você quer não se trata de controlar a vida, mas sim fazer escolhas conscientes. “Procure viver de uma forma mais consciente, para que consiga pensar antes de agir. O mais importante é treinar a mente para que seus hábitos te favoreçam ao invés de tornarem o seu dia a dia mais difícil”, conclui Fabiana Carvalho.