Destaque

Instituto Ayrton Senna forma professores catarinenses para o Ensino Médio Integral

Cerca de 650 profissionais, entre professores, coordenadores da secretaria de Educação e especialistas do Instituto Ayrton Senna estão reunidos em Lages (SC) para uma semana de intensa formação sobre o Ensino Médio Integral em Tempo Integral (EMITI). Na segunda e terça-feira, 5 e 6, o encontro será com profissionais das 17 escolas que iniciarão o Programa em 2018. Já nos dias 7 e 8, a formação reúne os profissionais das 13 escolas que ofertaram o EMITI ao longo de 2017.

O objetivo da formação é que os professores entendam o referencial teórico e metodológico do Programa e experimentem novas práticas pedagógicas. Além disso, também oferece aos professores formas diversificadas de acompanhar e avaliar a aprendizagem dos alunos, bem como estimular sua participação como protagonistas dos momentos de planejamento e avaliação, individuais e coletivos, previstos na escola. Com isso, será possível o desenvolvimento integral dos estudantes e a construção de uma comunidade de sentido na escola.

Sobre o projeto
A Proposta de Educação Integral para o Ensino Médio teve início em 2017 e conta com parceria do Instituto Ayrton Senna e apoio do Instituto Natura. O objetivo é oferecer oportunidades para os educadores e jovens para a construção conjunta de uma educação que valoriza o aprendizado de conteúdos tradicionais, mas também desenvolve competências essenciais para a vida profissional e pessoal de professores e estudantes. Mais do que ampliar o tempo de aula, essa proposta amplia também as conquistas da educação. De forma integrada à aprendizagem dos conteúdos de português, matemática, história, entre outros, também consegue incentivar os jovens a desenvolverem competências altamente valorizadas no mundo atual, como resolução de problemas, responsabilidade, comunicação, abertura para o novo e criatividade, conhecidas como competências para a vida. Além disso, a proposta também traz resultados claros na aprendizagem: em Matemática, escolas que aderiram à proposta em 2017 tiveram desempenho 9,4% superior às demais da rede, enquanto que em Língua Portuguesa o desempenho foi 12,3% maior.

As aulas e projetos partem de questões e desafios do mundo real, estimulam a criação, a participação ativa e a colaboração, e levam o estudante a vivenciar e colocar em prática as habilidades. No Projeto de Vida, um dos componentes da proposta, os jovens têm a oportunidade de pensar, planejar e começar a construir sua trajetória pessoal, com o apoio dos professores e da família.

Por meio de formações realizadas ao longo do ano com as equipes e especialistas do Instituto Ayrton Senna, os profissionais das escolas e das regionais envolvidas contribuem com a construção e aprimoramento da proposta. Nos encontros, são trabalhadas as metodologias de ensino e mudanças curriculares que proporcionam essa formação integral. As equipes recebem acompanhamento ao longo do ano todo. Assim, tanto estudantes quanto educadores ganham oportunidades de serem protagonistas dessa ação.

Veja quais as escolas com EMITI em 2018 clicando escolas

Tags

Artigos relacionados

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios