Variedades

As 100 cidades mais visitadas do mundo

Segundo o novo relatório da empresa de pesquisa estratégica de mercado Euromonitor International, “Top 100 City Destinations Ranking”, Hong Kong é pelo oitavo ano consecutivo a cidade mais visitada do mundo, com 26,6 milhões de visitantes. O relatório traz as 100 cidades que mais receberam mais estrangeiros em 2016, além de analises de tendências de turismo para cada região do planeta.

Hong Kong

As 10 cidades mais visitadas do mundo são:

Hong Kong: 26,6 milhões de visitantes
Bangkok: 21,2 milhões de visitantes
Londres: 19,2 milhões de visitantes
Singapura: 16,6 milhões de visitantes
Macau: 15,4 milhões de visitantes
Dubai: 14,9 milhões de visitantes
Paris: 14,4 milhões de visitantes
Nova Iorque: 12,7 milhões de visitantes
Shenzhen: 12,6 milhões de visitantes
Kuala Lumpur: 12,3 milhões de visitantes

Ásia domina o ranking

O relatório apresenta a consolidação das cidades asiáticas como destino favorito dos turistas globais. Em 2010, 34 das 100 cidades mais visitadas estavam localizadas na Ásia. A Euromonitor projeta que esse número suba para 41 em 2017 e chegue a 47 em 2025.

“A região da Ásia-Pacífico vem se destacando e impulsionando mudanças no cenário de turismo global”, comenta Wouter Geerts, analista sênior de turismo da Euromonitor. “Acreditamos que essa tendência deverá se continuar e acreditamos que Singapura tenha potencial para ultrapassar o Reino Unido, tornando o pódio do ranking completamente asiático até 2025”.

Europa sente impactos socioeconômicos

Por outro lado, o desempenho das cidades europeias vem sendo impactado pela crise imigratória, Brexit e ataques terroristas. A cidade europeia mais visitada do mundo continua a ser Londres com 19,2 milhões de visitantes em 2016. Entretanto, Grécia, Itália e Espanha são aquelas que se destacam.

“Apesar das incertezas da Europa, essas cidades estão se beneficiando da situação instável em cidades na África e Oriente Médio – tal como Turquia, Egito e Tunísia – uma vez que oferecem condições climáticas parecidas”, comenta Geerts.

Aumento no controle das fronteiras nas Américas

Os planos de um controle mais forte nas fronteiras vêm atingindo o desempenho das cidades nas Américas. Apesar de ainda apresentar um crescimento positivo, o número de chegadas nos EUA apresentou uma desaceleração em 2016 devido a um dólar mais forte e incertezas políticas nas eleições norte-americanas.

“De acordo com a ferramenta Travel Forecast Model da Euromonitor, se os EUA deixarem o acordo de NAFTA e impuserem uma tarifa de 35% sobre os produtos importados do México, e se o México resolver retaliar, o turismo entre esses países deve ser consideravelmente afetado. No cenário mais pessimista, Nova Iorque, a cidade mais visitada das Américas, teria seu desempenho para 2017 reavaliado para uma potencial queda de 300 mil visitantes”, comenta Geerts.

Rio de Janeiro é a cidade mais visitada na América do Sul

O Rio de Janeiro é a única cidade brasileira no ranking global, ocupando a 88ª posição. A cidade apresentou um bom desempenho em 2016, com um aumento de 12,3% no número de chegadas no país, devido aos Jogos Olímpicos.

“Porém, assim como aconteceu após a Copa do Mundo, o número de chegadas na cidade deverá cair em 2017. Com isso, o Rio de Janeiro descerá cinco posições no ranking. Inclusive, a cidade será a que apresentará a maior taxa de declínio entre todas as cidades das Américas”, finaliza Geerts.

Para saber baixar o relatório na íntegra, acesse: http://bit.ly/2yZihb1

Tags

Artigos relacionados

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios