Geral

Igualdade de gênero no setor dos negócios poderá levar dois séculos

No Chile, ONU e líderes empresariais lembram que igualdade nas empresas é um direito das mulheres; Fórum Global de Negócios para Igualdade de Gênero foi organizado por Pnud, ONU Mulheres e OIT; mulheres ganham em média 23% a menos do que os homens.

A capital do Chile, Santiago, abrigou o IV Fórum de Negócios para a Igualdade de Gênero, com a participação de 500 especialistas e líderes de empresas. A iniciativa do governo chileno e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, foi uma parceria com a ONU Mulheres e a Organização Internacional do Trabalho, OIT.

Durante os dias 27 e 28 de fevereiro, foi discutido como as empresas podem agir para ampliar a igualdade entre homens e mulheres no ambiente de trabalho. A presidente do Chile, Michelle Bachelet, também participou do evento.

Benefícios para a economia

Igualdade poderá gerar um adicional de US$ 28 trilhões para a economia global até 2025, segundo um estudo do Instituto Global McKinsey.

Em Santiago, a fundadora do Grupo Cene, especializado em serviços de saúde, Sueli Kaiser, deu exemplos de políticas de igualdade de gênero que podem ser implementadas na cultura de uma empresa.

“Uma das coisas que é apreciada na empresa é a sala de amamentação. Nós aumentamos o período de (licença) gestação para 150 dias, isso fez um grande diferencial e para os homens também aumentamos o período de licença-paternidade. Temos uma sala de estudos para que elas possam estudar no período de aulas, com computador e refeitório. Essa cultura dentro da empresa realmente faz um grande diferencial. ”

Inovação

Igualdade de gênero no ambiente de trabalho é um direito das mulheres. Além disso, empresas com essas políticas são “mais inovadoras”.

As mulheres ganham em média 23% a menos do que os salários dos homens. No ritmo atual, serão necessários mais 220 anos para acabar com essas desigualdades e conquistar uma participação igual de gêneros nas empresas.

No fim do evento, os participantes assinaram o documento “Chamada para Ação do Chile”, um compromisso para garantir essa igualdade no ambiente de trabalho. O Pnud lembra que este é um fator essencial para que os países alcancem os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável até 2030.

Informações da ONU

Tags

Artigos relacionados

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios