RS

Porto Alegre: Curso de mecânica básica para mulheres teve 17 participantes

Cada vez mais a mulher ocupa espaços no mercado de trabalho e não tem medo de enfrentar novos desafios em todas as áreas da sociedade. Considerada quase como um tabu para o universo feminino, a mecânica de automóveis, reduto dominado quase que exclusivamente pelos homens, é um exemplo desta nova realidade.
Somente no Curso de Mecânica Básica para Mulheres, realizado na manhã desta quinta-feira, 8, na Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), 17 mulheres participaram ativamente, com informações teóricas e, também, em aulas práticas, realizadas na rampa de vistoria de veículos. Elas trocaram experiências de situações que acontecem no dia a dia e também tiraram dúvidas sobre o assunto.

Cleidiomar Mota, da equipe de educação para o trânsito da EPTC, um dos responsáveis por ministrar o curso, explica o objetivo desta ação que teve suas inscrições gratuitas: “Sabemos que a manutenção preventiva é mais barata e, também, mais segura em relação à manutenção corretiva. O conhecimento não substitui o profissional especializado. Nosso curso, gratuito, pretende auxiliar as mulheres em muitas situações comuns no dia a dia do trânsito, e evitar que possíveis problemas nos veículos sejam agravados. Com as informações básicas sobre mecânica, certamente as mulheres ficam mais seguras no dia a dia do trânsito”.

Para a professora de Educação Física, Janete Duarte, o curso é uma experiência única e tudo que se aprende é válido. “Sempre gostei de mecânica, acredito que a gente tem que aprender um pouco de tudo, até mesmo para poder se defender”, relatou. A estudante de Artes Visuais, Silvana Taquatia, que costuma participar de cursos de mecânica, anotou tudo atentamente e comentou sobre sua participação. “Gosto de participar e compartilhar as experiências que tenho. É importante esse tipo de troca com as meninas”.
O conteúdo programático do curso abordou questões básicas sobre os seguintes temas: suspensão, lubrificação, elétrica, freios, refrigeração, transmissão, pneus, luzes do painel e funcionamento do motor, entre outras questões. Segundo dados do Detran-RS, de fevereiro de 2018, são 271.945 (39%) mulheres habilitadas para conduzir veículos em Porto Alegre e 424.594 (61%) homens.

Informações PMPA

Tags

Artigos relacionados

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios