Alimentação interfere na causa de enxaquecas

enxaqueca22 - Alimentação interfere na causa de enxaquecas

Os alimentos podem contribuir tanto para amenizar as dores de cabeça como também para o surgimento dela. “As dores de cabeça quando permanecem constantes devem ser consultadas por um médico, mas adquirir bons hábitos alimentares é essencial para a manutenção da saúde”, afirma o médico e ortomolecular Clement Hajian. Os alimentos que podem desencadear a enxaqueca são: doces (açúcar refinado), álcool, adoçantes, glutamato monossódico (temperos prontos), nitritos (alimentos embutidos e enlatados), cafeína (café, chá mate, guaraná, cacau e chocolate), alimentos que contém tiramina (queijos, chocolates, carnes em conservas, salsicha, dentre outros) e adoçantes que contenham aspartame. Existem também os alimentos que podem contribuir para aliviar a enxaqueca. Confira na lista elaborada pelo médico Clement Hajian:

— Beba Água e cuidado com o sol: A desidratação é um dos fatores que contribuem para o aparecimento da enxaqueca. Os tecidos que rodeiam o cérebro são compostos principalmente de água. Quando perdem líquidos, encolhem, provocando irritação e dor. O ideal é ingerir entre um e dois litros de água diariamente.
— Triptofano- Ajuda a liberar serotonina que promove bem-estar. São fontes: banana, erva-cidreira, maracujá, pão integral, arroz integral, feijão e granola.
— Orégano, cravo, canela e gengibre: Esses alimentos podem inibir a produção de histamina e prostaglandina responsáveis por inflamações e dores. Mas cuidado! Energeticamente estes condimentos tem ação Yang, segundo a Medicina Tradicional Chinesa e muitas vezes podem agravar ou desencadear enxaquecas.
— Azeite: O azeite, monoinsaturado, só deve ser ingerido virgem e sem passar pelo processo de cozimento, para não perder suas propriedades benéficas.
— Pimentas: A substância responsável pelo ardor dessas plantinhas é capaz de liberar endorfinas, que são analgésicos naturais do organismo. Esse processo químico causa uma sensação de bem-estar no cérebro, mas cuidado, pois pela mesma razão dos outros condimentos, energeticamente as pimentas tem ação Yang e muitas vezes podem agravar ou desencadear enxaquecas.
— Peixes: São fonte de ômega-3, um óleo com propriedades anti-inflamatórias, mas cuidado com o tipo e a procedência, pois muitos peixes podem estar contaminados.
— Ao comer: Coma com moderação. Evite “empurrar os alimentos com líquidos”. Tome líquidos até meia hora antes, ou duas horas após as refeições. Se comer a mais, procure fazer exercícios de intensidade leve a moderado, como uma caminhada.

PARA SOLUCIONAR AS ENXAQUECAS:
A Medicina Tradicional Chinesa deixa claro que nas enxaquecas há a participação da vesícula biliar, fígado, rins, entre órgãos e de energias perversas como vento-calor e outros fatores. Já pela análise molecular, podemos confirmar a presença de metais tóxicos, que podem levar às enxaquecas.  Pela homeopatia, os fatores constitucionais são analisados, minimizando quais que podem desencadear as enxaquecas. Portanto, somente com um diagnóstico e tratamento corretos, podemos ter a melhor solução para cada caso.