Geral

Secretaria da Saúde fecha acordo com Igrejinha para a realização de cirurgias

Para acelerar o cronograma para a realização de 1,4 mil cirurgias pelo SUS, a Prefeitura de São Leopoldo busca parceria nos municípios da região. Na tarde do dia 11 de abril, o secretário da Saúde Ricardo Charão conheceu as dependências do Hospital Bom Pastor, em Igrejinha. O município com 33 mil habitantes no Vale do Paranhana se credenciou para receber as cirurgias de cataratas e casos simples de vasculares.

Ao lado da secretária-adjunta Cláudia Silveira e do diretor de alta e média complexidade, Marco Aurélio Cruz, Charão visitou a clínica dos Olhos Prisma, localizada junto ao hospital. Lá foi recebido pelo diretor Marcelo de Bastiani, que detalhou a forma de trabalho a ser utilizada com os pacientes de São Leopoldo. “Nosso cuidado vai do início ao fim do procedimento, passando pelo exame de glaucoma até o monitoramento dos pacientes no pós-operatório”, ressaltou Bastiani.

Em seguida, o grupo se dirigiu à direção do hospital para conversar com a enfermeira Joice da Silva, gerente assistencial da instituição. Charão demonstrou satisfação com o atendimento e a estrutura oferecida. “Devemos bater o martelo no final do mês em uma reunião entre representantes do Bom Pastor e o prefeito Ary Vanazzi. No próximo mês iniciam os procedimentos”, declarou Charão.

Os pacientes estão sendo contatados por telefone para a fazer consultas e exames pré-operatórios. A chamada segue a ordem cronológica da fila de espera. A série de cirurgias, conquistadas por emenda parlamentar, iniciaram no dia 2 de abril no Hospital Centenário. Serão investidos R$ 1,420 milhão nos procedimentos. A meta da Prefeitura é reduzir a fila de espera na cidade em, no mínimo, em 70%.

Cronograma

– As ações foram divididas em três etapas. A primeira abrange 450 cirurgias de histerectomia (retirada de útero) e colecistectomia (retirada da vesícula).

– Num segundo momento, a partir de maio, a Prefeitura disponibilizará 355 cirurgias de catarata e 499 cirurgias ambulatoriais de escleroterapia, que trata das varizes.

– Na terceira fase, a Secretaria da Saúde oferecerá outras 127 intervenções de retirada de útero e de vesícula no Centro Médico Capilé, no final de maio.

Artigos relacionados

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios