NotíciasRS

Fepam fiscaliza dragas utilizadas para extração de areias no Rio dos Sinos

Dragas lacradas no rio dos Sinos

Em operação de fiscalização nesta segunda-feira (16) analistas da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) constataram duas dragas utilizadas para extração de areia em situação irregular no Rio dos Sinos. As embarcações não tinham Licença de Operação e não portavam sistema de rastreamento (equipamentos de localização via satélite que servem para monitorar remotamente o local onde as dragas operam). Foram emitidos termos de notificação suspendendo as atividades das dragas, além das mesmas terem os motores de sucção lacrados, até a regularização junto ao órgão ambiental competente.

Foram emitidos termos de notificação suspendendo as atividades das dragas – Foto: Ascom/Sema/GERS

O chefe do Departamento de Fiscalização, engenheiro químico Vagner Hoffmann, informa que dragas irregulares, sem sistemas de rastreamento, podem causar sérios impactos na estabilidade das margens dos rios (como erosão, queda de vegetação e assoreamento) quando operam próximas as margens dos rios. Salienta também, que essas operações de fiscalização ocorrem de forma rotineira em diversos rios de diferentes municípios do estado, pois são uma importante ferramenta para coibir danos ao meio ambiente.

Tags

Artigos relacionados

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios