Geral

Supersônico da Nasa, janela inteligente e táxi voador estão entre as inovações do setor de transporte

Supersônico da NASA
 
Sob o nome Quiet Supersonic Technology (tecnologia supersônica silenciosa), está escondido o projeto do avião supersônico da Nasa (Agência Espacial Americana). Os antigos supersônicos saíram de cena devido ao alto ruído que provocavam, mas o protótipo pretende reduzir a explosão sônica produzida quando um objeto ultrapassa a velocidade do som. Batizado de X-Plane, o avião deve voar a 1.500 km/h, e seu ruído será equivalente ao barulho que escutamos ao fecharmos a porta de um carro. Com previsão para ficar pronto em 2021, as vendas devem começar no ano seguinte.
De Singapura a Nova York sem escalas 
 
A Airbus realizou o primeiro voo teste do A350 XWB, o avião comercial com maior alcance do mundo. O modelo é uma versão aperfeiçoada do modelo A350-900 e tem motores Rolls-Royce Trent, além de um sistema de combustível que permite transportar mais 24.000 litros de querosene, que aumenta seu alcance para 17.964 km. O A350 pode voar até 20 horas sem escalas, sendo possível ir de Singapura a Nova York, nos Estados Unidos, o que deverá ser o voo comercial mais longo do mundo. As entregas começam a ser realizadas no segundo semestre de 2018 para a Singapore Airlines.
Pintando a paisagem
 
Tecnologia a favor da inclusão para deficientes visuais. A montadora americana Ford, em parceria com a startup italiana Aedo, criou uma janela inteligente. Ainda em fase de testes, o “Feel the view” (sinta a visão) é um aparelho que é colocado sobre o vidro do veículo e pode tirar fotos que, depois, são transformadas em imagens de alto contraste em preto e branco e reproduzidas por meio de LEDs especiais. Quando a imagem é tocada, os diferentes tons de cinza vibram em uma escala de 255 intensidades, que permite reconstruir na mente os detalhes da paisagem. Além disso, um assistente de voz conectado ao sistema de áudio do carro, com inteligência artificial, auxilia a situar o contexto da imagem narrando o que está sendo tocado.
Concurso para táxi voador
 
A Uber reabriu, no começo de março, um concurso para escolher a primeira cidade fora dos Estados Unidos a receber o seu projeto de táxi voador. O UberAIR deve lançar voos de demonstração a partir de 2020 e iniciar operações pagas em 2023. Em 2017, a empresa já havia nomeado Dallas e Los Angeles como as primeiras cidades de lançamento do serviço. A companhia irá considerar para inscrições cidades com uma população metropolitana de mais de 2 milhões de pessoas. Cidades interessadas em participar podem se inscrever no site da própria companhia.
Descobridor dos sete mares
 
A companhia suíça Viking Ocean Cruises divulgou a maior viagem de cruzeiro do mundo, com duração de 245 dias entre agosto de 2019 e maio de 2020. O Viking Sun irá zarpar de Londres passando por 13 cidades em 59 países, entre eles, o Brasil. O itinerário inclui paradas na Islândia, nos Estados Unidos e no Caribe, antes de chegar ao rio Amazonas no começo de novembro de 2019. Saindo de lá, o destino passa por Santarém (PA), Parintins (AM), Manaus, Recife, Salvador até atracar no Rio de Janeiro. O Viking Sun pode ter 930 passageiros, e o custo da epopeia sai pela bagatela de US$ 92.990, cerca de R$ 333 mil.