Gastronomia

Espaguete ao molho de estrogonofe

Quem não gosta de um bom espaguete? Provavelmente poucos, ainda mais quando servido com um suculento molho de estrogonofe e acompanhado de um vinho branco, quem sabe um Chardonnay. Veja ao final da receita a dica de um excelente vinho nacional, mas com reconhecimento internacional.

Ingredientes:
1 embalagem de espaguete com ovos Isabela
3 colheres (sopa) de azeite
3 dentes de alho, picados
2 cebolas médias, picadas
500g de filé mignon, em tirinhas
6 tomates maduros, sem pele, sem sementes, picados
250ml de polpa de tomate
2 colheres (sopa) de mostarda
2 colheres (sopa) de molho inglês
3 colheres (sopa) de catchup
200g de champignon, em fatias
1 lata de creme de leite
sal e salsinha picada a gosto
queijo parmesão ralado

Modo de preparo:
Numa panela média, aqueça o azeite, refogue o alho e a cebola. Junte o filé mignon e refogue até fritar a carne. Acrescente o tomate, a polpa de tomate, a mostarda, o molho inglês, o catchup, o champignon e o creme de leite. Acerte o sal, tempere com salsinha, mexa delicadamente e reserve. Numa panela grande ferva 5 litros de água com sal e cozinhe a massa. Para isso, coloque a massa e mexa de vez em quando, até que a água volte a ferver. Deixe cozinhar de acordo com o tempo indicado na embalagem ou até que fique “al dente”, ou seja, macia, porém resistente à mordida. Escorra a massa, acomode num refratário grande, acrescente o molho de estrogonofe, envolva bem com a ajuda de dois garfos grandes.  Polvilhe queijo parmesão e sirva a seguir.

Sugestão de vinho para acompanhar o prato:

Pratos de massas, com molhos brancos de creme de leite ou queijos, harmonizam perfeitamente com vinhos brancos e nossa sugestão para acompanhamento é para um rótulo nacional, produzido no Vale dos Vinhedos, interior de Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha. Trata-se do Leopoldina Gran Chardonnay D.O., que deve ser servido gelado, a uma temperatura de 08º a 10ºC.

O Vinho: Aroma fascinante e envolvente com intensas notas de frutas tropicais e maduras como abacaxi e carambola envolvidas por nuances de chocolate branco e baunilha. Este complexo aroma é cedido pela combinação de barricas francesas e romenas, conferindo complexidade e elegância. Na boca é volumoso e potente, revelando todo o seu vigor e caráter devido ao alto conteúdo natural do álcool em harmonia com a fina acidez. Na parte retronasal remete todo seu complexo olfativo de frutas maduras e notas finas elegantes da madeira. Possui longa persistência.

Os vinhos brasileiros estão cada vez mais alcançando notoriedade no mercado internacional, principalmente os elaborados com uvas brancas, a exemplo do Leopoldina Gran Chardonnay D.O. – safra 2013, da Vinícola Casa Valduga, que no ano de 2015 conquistou medalha de ouro e quarto lugar entre os cinco melhores do mundo na 22ª edição do Concurso Chardonnay Du Monde, realizado na França e que reúne mais de 700 especialistas de diferentes nacionalidades, que avaliaram o Leopoldina Gran Chardonnay D.O. entre 826 amostras de 41 países.

 

 

 

Tags

Artigos relacionados

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios