DestaqueRS

‘Sons do Ar’ é atração do Chapéu Acústico desta terça-feira

A atração do Chapéu Acústico, da Biblioteca Pública do Estado (BPE), na terça-feira (10), às 19h, é o show ‘Sons do Ar’, com Samuca do Acordeon e Pedrinho Figueiredo (sax e flauta). O duo inspira-se na matéria-prima da produção sonora dos instrumentos, o ar, e apresenta desde a milonga argentina, de Carlos Aguirre, à música de Egberto Gismonti, além de composições próprias. A entrada se dá mediante contribuição espontânea.

O trabalho foi criado em novembro de 2017, quando Pedrinho e Samuca foram convidados a participar do Festival Música de La Tierra, em Montevidéu (Uruguai), que reúne artistas do Brasil, Argentina e Uruguai. No evento, ministraram oficinas de áudio e chorinho e estrearam o espetáculo ‘Sons do Ar’, com um público de duas mil pessoas. O duo tocou junto pela primeira vez em 2013, no documentário ‘100 Anos da Música de Porto Alegre’, dirigido por Renê Goya e apresentado por Arthur de Faria, também responsável pela pesquisa histórica.

Após esse encontro, Samuca classificou, na linha instrumental do festival Moenda da Canção, em Santo Antônio da Patrulha, a música vencedora, ‘Cancela Preta’, interpretada pela dupla. Em seguida, os dois músicos iniciaram uma pesquisa sobre o choro no Rio Grande do Sul, que resultou no projeto ‘Sobre Rodas de Choro e Chimarrão’,  vencedor do edital do Fundo de Apoio à Cultura (FAC), de 2015.

Em 2016, retornaram à Moenda da Canção e venceram novamente a linha instrumental, com a música ‘Sono Leve’, de Samuca, em parceria com Arthur Bonilla. O projeto ‘Sobre Rodas de Choro e Chimarrão’ encerrou a programação da Semana Cultural do RS no Uruguai e apresentou-se em Montevidéu, em 2017, em comemoração aos 100 anos da primeira aparição do tango ‘La Cumparsita’.

Chapéu Acústico

O projeto movimenta o Salão Mourisco com performances de nomes do cenário musical gaúcho, entre instrumentistas de formação jazzística e cantores. A ideia surgiu da vontade de desenvolver atividades musicais sem depender de verba pública ou privada. A ação se dá sem cobrança de ingresso, usando o chapéu como forma de arrecadação.

SERVIÇO

  • O quê: Chapéu Acústico | ‘Sons do Ar’
  • Quando: Terça-feira (10), às 19h
  • Onde: Salão Mourisco da Biblioteca Pública do Estado (Riachuelo, 1190, Porto Alegre)

Artigos relacionados