Geral

Certificado digital ajuda contribuinte a verificar restituição

restituição do Imposto de Renda - Certificado digital ajuda contribuinte a verificar restituição
Marcello Casal Jr./Agência Brasil

Com a divulgação do segundo lote da restituição do Imposto de Renda no último 10, o contribuinte que possui o certificado digital (e-CPF) pode agilizar sua consulta ao Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte (e-CAC), no portal
https://cav.receita.fazenda.gov.br/eCAC/, e verificar se seu nome está contemplado.

Basta fazer o login utilizando seu certificado digital e-CPF, entrar na aba “Restituição e Compensação” e clicar em “Extrato de Processamento da DIRPF”. Na tabela, na coluna situação, é possível verificar o estado, que pode ser, por exemplo, “em fila para restituição”.

Publicidade

O contribuinte também pode verificar se está na malha fina ou se sua declaração ficou retida por conta de pendências ou inconsistências.”As principais vantagens do certificado digital são a conveniência e facilidade proporcionadas. No caso do Imposto de Renda, o e-CPF agiliza a o momento da declaração e minimiza possíveis erros no preenchimento e esquecimento de senha, além de facilitar todo o acompanhamento da restituição”, afirma Mauricio Balassiano, diretor de certificação digital da Serasa Experian.

Certificação Digital
A certificação digital é uma tecnologia que permite a identificação de pessoas físicas e jurídicas no ambiente eletrônico, regulamentada no país pela Infraestrutura de Chaves Pública Brasileira (ICP-Brasil), vinculada à Casa Civil da Presidência da República. Tem validade jurídica e confere aos documentos eletrônicos autenticidade, integridade, sigilo e atributo de não repúdio.

A Serasa Experian promove a certificação digital como tecnologia efetiva para a desmaterialização dos processos, com atributos de validade jurídica, agilidade e praticidade, a serviço da sustentabilidade dos negócios e processos.

Publicidade
Etiquetas
Publicidade

Artigos relacionados

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios