Geral

Adolescentes do Case POA I ingressam em curso de edição de imagem

O Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) POA I realizou nesta segunda-feira (24), no auditório da unidade, a abertura da 1ª turma do curso de Edição de Imagem e Vídeo, composta por 12 adolescentes, em parceria com a Projeto Pescar e a União de Skatistas de Cachoeirinha (U.S.C). O objetivo da proposta é permitir que os socioeducandos tenham a oportunidade de uma nova função apta para o mercado de trabalho, além de promover a integração.

O evento de abertura da turma teve apresentações musicais e teatrais, prestigiadas pelos servidores e familiares dos adolescentes. A agente socioeducadora do Case e educadora social do Projeto Pescar, Dirceia Fajardo, explicou que o projeto estava sendo estudado há um ano, reunindo teoria e prática, como filmagem e edição, além da parceria com os editores da U.S.C, que utilizam o skate como forma de inclusão social. “O curso vai ter duração de um ano por turma, com acompanhamento profissional de pedagogos e professores”, disse.

Publicidade

A supervisora do Projeto Pescar, Rosemary Terra Lucas, falou que a parceria com as unidades da Fase ocorre há cinco anos. “Trabalhamos com jovens em situação de vulnerabilidade social as questões técnicas do trabalho e de cidadania, para que possam se conhecer melhor e assumir sua responsabilidade social”, destacou.

O vice-presidente da U.S.C, Alex Netto, contou que o grupo atua com crianças carentes na escolinha em sua sede, e buscam se engajar em causas sociais, tendo ficado felizes com a proposta de realizar esse trabalho junto ao Case POA I e o Projeto Pescar. “Atuamos também com edição de vídeo, e utilizamos o skate como forma de aproximação para esse trabalho”, destacou.

Também participaram da mesa para a cerimônia o diretor socioeducativo da Fase, André Severo, a coordenadora pedagógica Iara Cabrera Barbosa, o diretor do Case POA I, Carol Majekwski, o assistente de direção, Roque Della-Méa, a assistente de direção, Maiara Trevisan, e a defensora pública Fabiane Lontra.

Publicidade

Projeto Pescar

O Projeto Pescar é um programa profissionalizante desenvolvido através da Fundação Projeto Pescar, que busca capacitar jovens entre 16 e 19 anos em situação de vulnerabilidade social para o mercado de trabalho. A instituição utiliza métodos socioprofissioanalizantes para atender os adolescentes e suas famílias.

Atualmente, o projeto atua em 11 estados brasileiros: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Tocantins, Pará, Ceará e Pernambuco; e tem 29 unidades internacionais na Argentina (24), Paraguai (2), Peru (1) e Angola (2).

U.S.C

A União de Skatistas de Cachoeirinha é um movimento que existe há cinco anos e busca levar para a sociedade conhecimentos acerca da prática esportiva do Skate, além de atender grupos em vulnerabilidade social através de trabalhos voluntários.

Etiquetas
Publicidade
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios